Procurando um certo...Troy....

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hope Mitchell em Sex 31 Ago 2018, 10:16

Não demorou quase nada, ainda mais na velocidade que Hope ia.

Você também chegaria rapido Lionel, visto que Boston era bem perto de Cambridge, e o endereço que Hope te enviou não era tão dificil de char.

Mas uma coisa era verdade.

Hope foi na frente, então ela vai chegar primeiro.

O maserati azul para em frente a modesta casa, e Hope encara a mesma alguns instantes.

Casa

A garota desce do carro, fechando a porta e logo caminhava na direção da casa, olhava a volta, não era um bairro muito...amigável.

Nem era no centro de Boston, era mais no subúrbio.

E Hope ainda está com o vestido da festa passada, e é a Hope né....

Chama a atenção onde passa.

Logo a loira parava em frente a porta e batia a mesma.

Sem resposta, ela abraçava o proprio corpo com os braços, porque quase psicologicamente sentia frio.

- Troy....

Dizia em um tom mais alto, chamando, e batendo mais forte a porta, logo ela caminhou na direção da lateral da casa, tentando ver algo pelas janelas.

Ela batia as janelas, rodeava a casa, até que achava uma das janelas que dava para abrir, ela estendeu as mãos tocando na mesma, e logo a erguia, e passava o corpo pela mesma, entrando a casa.

Lionel você vai chegar neste exato instante, e ter a imagem daquela modesta casa com um maserati fora de sério parado em frente a mesma.

O que não combina com o modesto bairro, tão pouco a casa.

Eu ja disse que a Hope é impulsiva?

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 25
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 496

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Lionel Kurt em Seg 03 Set 2018, 20:54

O rosto do rapaz foi empalidecendo a cada palavra que lia na mensagem de Hope.

Mas que merda estava acontecendo naquele lugar? Todo mundo estava envolvido com a tal meleca preta. Todo mundo estava morto e ele estava em um pesadelo macabro onde logo estaria morto?

Engoliu em seco sem saber o que faria. Olhava fixamente para a tela do celular até que chegou a mensagem de Hope com a localização da casa de Troy. Como diabos ela sabia onde ele morava? Isso não importava agora, tinha que ir o mais rápido possível para lá.

Acelerou o carro e saiu do campus rumo a Boston.

Não demorou para o conversível prata entrar no subúrbio e logo estava estacionando atras do azul, que julgava ser de Hope, visto que se destacava no lugar. Baixou o vidro no momento em que viu as pernas de Hope entrando pela janela.

-Hope, o que você esta fazendo? –tentou falar baixo... mas obvio que ela não ouviu.

Saiu do carro com o celular na mão e olhou em volta, era com um cara que morava ali que ele iria sair? O que sua melhor amiga pensaria disso? Seria uma sorte se ela nunca descobrisse isso.

Acionou o alarme do carro e foi andando lentamente até a janela por onde Hope entrou.

-Hope... Hope...- Chamava em tom baixo. – Hope, sua vaca, o que você está fazendo?

Olhou por alguns segundos p3la janela... Nada.

-Eu não acredito nisso!- Disse a si mesmo e então pegou o celular e mandou uma mensagem para Pietro.

“A Hope me deu o número daquele garçom bonito de ontem. Mandei mensagem pra ele e meu celular encheu de meleca preta. Eu e Hope estamos na casa dele, Hope pulou a janela... Estou desesperado. Vou ir atrás dela. Acho que precisaremos de ajuda.” E em seguida mandou sua localização para Pietro.

Guardou o celular e olhou novamente para a janela. Que seja a primeira e ultima vez que um Kurt invade uma casa pulando a janela!

Com um pouco de esforço jogou o corpo pela janela para dentro da casa e foi andando a passos lentos.

-Hope... Hope...


avatar
Lionel Kurt

Nacionalidade : Wellington, New Zealand
Idade : 19
Cargo : Calouro (?)
Humor : Indiferente
Mensagens : 97

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hope Mitchell em Ter 04 Set 2018, 17:21

Ah Lionel.
 
Que lindo, você está ali correndo para ajudar as pessoas, se preocupando, sendo um ser humano legal.
 
Bem diferente do cretino da noite passada.
 
Foi a bebida então?
 
Enfim, você não tinha tempo para pensar nisto, você só acelerava e em pouco tempo chegava ao local, parando o carro atrás do de Hope, bem a tempo de ver ela esgueirando o corpo pela janela para dentro da modesta casa.
 
Vamos lá.
 
1 – Ela conhece a casa e o morador
2 – Ela é louca
3 – Ela não bate bem
4 – Ela ainda está bêbada.
 
Você vai até a janela, que está parcialmente aberta, e consegue enxergar uma modesta sala, algo que você não está muito acostumado a ver.
 
Sala
 
Você logo entra também a sala, e logo procura por Hope, a sala parece estar completamente vazia. O sofá está com algumas roupas provavelmente de Troy, jogadas por ele, almofadas no chão, o rapaz não parece muito organizado.
 
A TV também era bem modesta, para não dizer velha, era uma sala pequena, e de lá já podia-se ver a escada que levava aos quartos, e o corredor que levava a cozinha.
 
Você conseguiu ouvir passos na escada quando entrou, provavelmente Hope subindo com pressa, mas não conseguiu ver ela, o time de vocês ainda não permitia.
 
Mas nada que não te leve até a escada, onde também havia roupa jogada.
 
Escada

 
Na escada é claramente possível imaginar o quanto a casa é antiga, e Troy não parecia preocupado em envernizar e conservar a mesma, você, logo passava a subir, seus passos ecoavam.
 
E então de súbito você ouve um grito alto, e você sabe que é Hope.
 
O grito parece de alguém que viu algo que assistiu.
 
Mas você não vai ficar analisando isto, certo?
 
Você vai subir aquelas escadas sem pensar em nada além de ajudar a garota e Troy, que até então ainda não deu as caras.
 
Chegando ao corredor la em cima você pode ver que tem dois quartos, em um deles a luz está acesa, você logo vai pra lá, e então ve Hope parada ao lado da cama, onde está um rapaz deitado, ela está com ambas as mãos na boca, assustada.
 
O corpo do rapaz está inerte na cama, os olhos fechados, e ele está pálido, ou é muito branco vai saber.
 
Hope quem parece muito assustada.
 
Ela logo volta os olhos assustados a você Lionel, mas não consegue falar nada.
 
É Troy na cama.
 
E não, não tem qualquer sinal de sangue, marcas, luta, nada.
 
É só como se ele tivesse se deitado, para um sono.;
 
Eterno?
 
Será?


Quarto

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 25
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 496

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Lionel Kurt em Qua 05 Set 2018, 05:27

É.. talvez Lionel realmente esteja tentando compensar algo sobre noite passada. Ou talvez ele apenas esteja tentando entender até onde tudo aquilo iria. O fato é que Lionel realmente estava invadindo a casa de Troy, logo atrás de Hope, apenas por estar preocupado com... Um garçom...

Ahh, mas ele já tinha visto coisas demais nesses dias para apenas ignorar tudo aquilo. E o que ele viu não chegava nem aos pés do que os outros já tinham visto.

O rapaz pulou para dentro da casa de Troy e logo estava na sala. Como alguém conseguiria viver em uma casa com cômodos tão pequenos. Em pensar que ele realmente cogitou sair da Fabric e ir dormir com Troy. A males que vem para o bem, não é mesmo? Afinal quem trocaria a seda da casa de Valerie pelos lençóis de Troy?

Haviam muitas roupas espalhadas pelo lugar. O rapaz que morava ali, além de ter que se adaptar aos cômodos minúsculos, ainda era bem desorganizado pelo jeito. Mas não era hora para reparar nessas coisas, ele estava mais preocupado com Hope.

Ouviu a garota subindo as escadas velhas e, por alguns segundos, pensou se seria uma boa ideia subir atrás, pois o estado dos degraus não lhe passavam muita confiança. E se tudo aquilo desmoronasse? Não tinha planejado morrer daquele jeito.

-Hope! Desce daí e vamos embora! – Mas a garota não ouvia e Lionel se via obrigado a subir.

Ia andando lentamente, degrau a degrau, quando ouviu o grito da garota. Nesse instante todos os pensamentos sobre a tal escada desapareceram e ele, tomado pelo pânico, subiu a escada correndo.

Chegou ao corredor onde viu a porta do quarto aberta. Entrou e encontrou Hope paralisada com a mãos sobre a boca. Lionel olhou para a cama e lá o viu.

Troy estava deitado, inexpressivo, imóvel, pálido como se fosse uma estatua de gesso. Os olhos de Lionel arregalaram e a face empalideceu. O rapaz estaria morto?

Seus olhos foram aos de Hope procurando por respostas, mas a garota não falava nada, parecia estar em choque.

-Troy! – Ele disse alto tentando, por algum milagre acorda-lo. – Ai meu Deus! – disse, levando uma das mãos a cabeça e alisando o cabelo pra trás, visivelmente desesperado. – Hope, a gente tem fazer alguma coisa! Liga pra alguém, a emergência, sei lá... – disse, estendendo o celular para a garota. – Troy! –Ele se aproximou, colocando a mão no ombro do rapaz e balançando de leve. – Responde cara! – tentaria ver se o garoto ainda tinha pulsação, enquanto o olhar passava rapidamente de Hope para o rapaz imóvel na cama.

Hope, por favor, me ajuda!
avatar
Lionel Kurt

Nacionalidade : Wellington, New Zealand
Idade : 19
Cargo : Calouro (?)
Humor : Indiferente
Mensagens : 97

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hope Mitchell em Qua 05 Set 2018, 10:31

Isto Lionel.
 
É assim mesmo a vida.
 
Você humilha todos seus amigos, age como um cretino e depois faz coisas bondosas para compensar.
 
Em meio ao caos e inferno que vocês estão vivendo...Quem liga?
 
E quem era Troy?
 
Porque você estava preocupado com ele?
 
Qual a ligação dele com Hoper?
 
De Hope com Dimitriu ?
 
Tantas perguntas....
 
Você logo pulava a janela, via aquela sala modesta e bagunçada.
 
“´É isto mesmo que você quer para a sua vida, Lionel?”
 
Dá até para ouvir a voz de Simon na sua mente, visto que o padrão dele é Valerie, certo?
 
Vai mesmo deixar os lençóis de seda, Leãozinho?
 
Você não tinha muito tempo de ouvir Simon e suas reprovações em sua mente. Você pedia para Hope descer, mas ela parecia não te ouvir.
 
Você avançou pelo corredor e logo estava ao quarto, vendo uma Hope assustada em frente a um Troy inerte. Hope sentiu seus olhos aos dela, e ela somente sacudiu a cabeça em negativo, sem conseguir tirar as mãos da boca.
 
Ele estava morto.
 
Lionel parecia se desesperar, e dizia para Hope ligar para alguém, ela logo estendia a mão tremula apanhando o celular, ela encarava a tela.
 
Era ele quem tinha a gosma preta?
 
Mas ela logo começou a digitar o numero da emergência, enquanto Lionel se aproximava, e estendia as mãos tocando os ombros nus do rapaz, eu estava apenas com uma bermuda, a pele dele estava muito gelada Lionel, muito pálida, você conseguiu ver todas as veias saltadas.
 
Hope finalmente conseguia falar algo. Com a voz muito baixa, rouca. Falha.
 
- Eu..vi...ele morto...
 
Mas não assim não é, Hope?
 
As lagrimas escorriam dos olhos dela, ao passo que Lionel balançava o rapaz, que parecia não ter pulsação alguma.
 
Até que ambos podiam ouvir o som da janela do quarto, fechando, era aquelas janelas que abriam deslizando pra cima, ela fechou-se bruscamente de modo que os vidros quebraram.
 
- Caralho!
 
Hope dizia levando as mãos a cabeça com o susto, o celular de Lionel caia ao chão, aos pés da garota.
 
Era quando Lionel podia sentir como uma brisa gelada, passando por ele, até sacudindo de leve os cabelos dele, ao mesmo tempo a pele de Troy parecia se aquecer de modo brusco, então o corpo de Troy erguia-se bruscamente da cama, junto a uma puxada de ar, como alguém que joga o ar de volta ao pulmões.
 
Que volta da morte?
 
De imediato o rapaz olha assustado para Lionel, e em seguida para Hope, ofegante ainda, e completamente atordoado.
 
Hope então recua um passos e deixava as mãos caírem da cabeça ao corpo, ela abre a boa, mas as palavras não saem.

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 25
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 496

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Pietro Salviatti em Qua 05 Set 2018, 20:28

Pietro explicava, muito por cima, para Megan o que tinha acontecido.

Mas ela parecia tão atingida quanto ele.

Provavelmente pelo fato de Valentina ter citado seus pais.

Também dizia ter visto algo sobre Chris na Gossip e estava preocupada.

Dito isso, Pietro prometia mandar notícias e finalmente saía daquele maldito hospital.

O italiano dirigia seu Bentley o mais rápido possível para o local que Lionel havia lhe informado.

Não se deu nem ao trabalho de respondê-lo, já que estava a caminho do local.

Por sorte, não era longe, ficava bem próximo da universidade.

Pietro logo estacionou atrás do carro de Lionel.

E quando foi correr na direção da casa ele estacou ao ver a Maserati de Ezio.

- Ma che... – Sussurrou, ficando estático ao ver o carro.

Branco.

Era como ver um fantasma.

Aproximou-se e o olhou por dentro, vendo apenas um celular no banco do passageiro.


Hope... Havia pegado o carro de Ezio?
Só de cogitar isso seu sangue já ferveu.

Mas não havia tempo para isso.

Por isso Pietro voltou-se para casa.

A olhando rapidamente.

Janela aberta.

“Hope pulou a janela”, disse Lionel.

Então Pietro faria o mesmo.

Chamando antes de entrar.

- Hope!? Lionel!? – Gritou.

Se não houvesse resposta o italiano entraria.
avatar
Pietro Salviatti

Nacionalidade : Milan, ITA
Idade : 20
Cargo : Presidente
Humor : Sereno
Mensagens : 335

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Lionel Kurt em Sex 07 Set 2018, 04:00

Eu odeio quando me comparam com o Simon! Simon é mais polido, Simon entende das coisas, Simon jamais faria isso, Simon reprovaria isso... No entanto, era Lionel quem estava ouvindo as vozes do irmão na cabeça. Enquanto ele, o bem sucedido da família, havia namorado Valerie com sua cobertura maravilhosa, Lionel estava atrás de um garçom que morava no subúrbio de Boston.

Foda-se Simon, foda-se tudo.

Lionel estava no quarto, tentando ver se o garoto tinha pulsação. Nada. A pele era gelada e ele estava sem nenhum batimento cardíaco. Lionel olhou para Hope com os olhos lacrimejando. Mas por que? Mal conhecia o rapaz.

Nem ele sabia responder, mas algo havia o abalado. Ontem mesmo estavam no restaurante sendo servidos por ele e agora ele estava ali, pálido, gelado, imóvel, morto...

-Ele... ele está morto. – Disse, olhando para a garota. Ela logo falava ter visto ele Morto. – Sim Hope... Nós dois vimos... Eu nem sei o que dizer.

Obviamente Lionel não tinha entendido onde e quando ela havia o visto morto, apenas confirmava que era essa a situação do rapaz. Continuou abaixado ao lado da cama enquanto Hope ligava para a emergência. Mas então o susto.

O rapaz gritou, caindo sentado no chão com o susto. Estava de frente para a cama, sentado no chão ao lado de Hope. Viu o celular cair ao seu lado, mas não o pegou, ficou encarando a cena que estava por vir.

Os olhos encararam arregalados o rapaz levantar bruscamente da cama. A pele parecia recuperar a cor e ele buscava respirar fundo. Os olhos de Lionel estavam fixos na cena que mais parecia ter saído de um filme de terror. Sentiu o olhar do rapaz e viu que ele tentou falar algo, mas nada saia de sua boca.

-T... Troy? – As palavras mal saiam da boca de Lionel. O corpo ia se arrastando de costas involuntariamente. – O... O que está acontecendo aqui? – Ele dizia, quase chegando a parede do quarto, enquanto o olhar passava entre Troy para Hope rapidamente.

Foi então que ouviu uma voz familiar vinda do andar de baixo. Pietro havia recebido sua mensagem e pelo jeito havia entrado na casa pela mesma janela. O rosto de Lionel virou-se para a entrada do quarto grito.

-Pietro, aqui em cima! Vem rápido! – A voz do rapaz era tremula, transparecendo o medo que estava sentindo.
avatar
Lionel Kurt

Nacionalidade : Wellington, New Zealand
Idade : 19
Cargo : Calouro (?)
Humor : Indiferente
Mensagens : 97

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Megan Blackburn em Sex 07 Set 2018, 21:04

VINDO DAQUI

Não ia ser tão fácil se livrar dela, Pietro, a loirinha foi junto de ti para ver o que estava acontecendo com Lionel e Hope, o italiano nada comentou com ela sobre isso em especial, apenas que estava por ir vê-los, pois, tinham problemas.

Continuava abalada sim, devido ao fato de Valentina ter mencionado seus pais e ela sequer tido tempo de perguntar, porque diabos eles queriam se comunicar com ela, ou matá-la, porque julgava ser a última alternativa.

Ficou um pouco em silêncio ponderando as fofocas da Gossip sobre Chris, certamente mais tarde acabaria indo falar com ele, precisava. Mesmo a contragosto de meio Mundo, ela começava a gostar dele, por mais estranho que o rapaz fosse.

Pensou em responder Lionel, contudo, como estavam indo para vê-lo ela deixou de lado, e quando menos esperava Pietro acabou parando o carro e ao sair deste ficou tão pálido quando a doutora falou sobre não ver seu irmão.

O olhar do rapaz foi para um carro.

Internamente estava envergonhada ainda por ter abraçado Pietro daquele jeito, mas estava muito feliz por aquela ponta de esperança renascer nos olhos do italiano.
Ouviu-o chamar por Hope e Lionel.

Estava próximo a uma janela.

Que casa era aquela, ou melhor, de quem era aquela casa?

Não importava assim que Pietro chamava os dois colegas/amigos Megan ouvia uma resposta, era a voz de Lionel, gritando para ele ir para cima e rápido. Deu merda, de algum jeito deu merda de novo e ela quase enfartava pensando nas inúmeras possibilidades de quem pudesse estar em perigo.

- Vamos lá... – Falou com Pietro, depois que ele fosse na frente, ela também pularia a janela, que por sorte era baixa, senão não ia dar com aquela roupa e salto mediano, e não esquecendo da pouca altura.

Quando chegassem no andar superior, eles iam ver Hope, Lionel e um rapaz cujo rosto era conhecido, mas ele estava estranho. Por quê? Não fazia ideia.

- O que houve, vocês estão bem? – O olhar foi direto para Hope que parecia mais assustada, ou usando uma palavra melhor, ambos estavam parecendo bem confusos. Pelo jeito aquele dia ia ter muitas surpresas.




avatar
Megan Blackburn

Nacionalidade : Londos, UK
Idade : 18
Cargo : Caloura
Humor : Hiperativa -Ahloka.
Mensagens : 170

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hope Mitchell em Ter 11 Set 2018, 10:51

Hope ouviu Lionel confirmar que Troy estava morto, e ela não conseguia nem se mover, só de pensar isto.
 
Ela dizia que ele estava morto, mas ela não conseguiu explicar o que precisava ao rapaz, então ele confirmava que ambos tinha visto, e ele dizia não saber o que dizer.
 
- Não..Lionel...não deste jeito...
 
Ela dizia, sem conseguir ainda desenvolver uma linha clara de raciocínio para poder explicar ao rapaz. Mal Lionel lhe entregava o celular e pedia que Hope ligasse para emergência, ela com as mãos tremulas, tentava colocar o numero na tela do celular e concluir aquela tarefa tao simples, que dado a forma como ela estava se tornava árdua.
 
Mas então Troy levanta-se daquele modo, fazendo Hope gritar e soltar o celular, que caia ao lado de Lionel, que caia sentado ao lado dela.
 
O rapaz tomava folego, parecia realmente ter voltado da morte, e então Lionel tentava falar com ele, o rapaz confuso, piscava os olhos de modo quase frenético, e então Lionel fazia aquela pergunta e os olhos dele tão azuis iam para Hope.
 
- Hops?....
 
O rapaz a chamava por um apelido, denotando novamente a proximidade deles, que explicaria o fato dela ter o endereço dele.
 
Hope aproximou-se dois passos, encarando o rapaz, incrédula, e então ouviu a voz de Pietro, Lionel pedia que ele subisse, ou melhor quase ordenava e pedia rapidez.
 
E então Hope finalmente, se aproximou do rapaz, ainda tremula, e logo sentou-se a cama, o envolvendo em um carinhoso abraço.
 
- Meu Deus, Troy....eu.....
 
Apertava firme os braços em torno do corpo franzino do rapaz, que a abraçava de volta, fechando de leve os olhos e apoiando a cabeça ao ombro da garota.
 
-  O que te deu, garota ?...
 
Ele dizia de modo intimo e carinhoso, e então Pietro e Megan chegava, o rapaz erguia o rosto do ombro de Hope e fitava Pietro, depois Megan, depois Lionel.

 
Hope soltava o rapaz e olhava para Pietro e Megan de um modo sério, ela parecia querer falar algo, mas como dizer, que tinha visto Troy morto no carro que ela mal sabia ser do irmão de Pietro.?
 
E Troy estava preparado para ouvir isto?....
 
Hope fitou o rapaz nos olhos alguns instantes, e então todos ali em cima podiam ouvir a porta da casa batendo, alguém que obviamente tinha a chave, acabava de entrar.
 
Hope ergueu-se da cama e passou as mãos aos cabelos de modo meio irritado, com tudo.
 
Com tudo aquilo
 
Quer merda era aquela.
 
- Troy...o que você estão aprontando e cadê o Dimmy?....
 
Era neste exato instante que todos podiam ouvir uma voz forte e firme soando no quarto.
 
- O Dimmy está em casa, Hops...tá tudo bem ?....
 
O belo rapaz estava ao lado do batente da porta, ele usava um terno negro feito sob medida, que denotava o belo corpo, de músculos fortes de quem realmente levava a sério o exercício na academia, além de fazer parte do time oficial de Natação.
 
Os fios louros estavam presos em um coque que parecia ter sido feito no salão, mas ele só puxou e ficou assim, é que tudo nele parecia se encaixar de modo perfeito.
 
Assim como os belíssimos olhos claros que estavam sobre Hope, e ele simplesmente não devorava ela com os olhos.
 
Como a maioria dos homens ali.
 
Afinal...
 
Qual dos Omegas não devorou Hope com os olhos desde que chegou?
 
Mas talvez os KTGs não sejam o que dizem certo?
 
Porque o presidente a olha de um jeito quase carinhoso, como uma.
 
Irmãzinha.
 
O olhar foi pra Troy.
 
- E ai cara, tudo bem? Você disse que não estava passando bem...
 
Hope nem deixou Troy responder.
 
- Eu quero falar com ele, diz isto pra ele, já que ele não atende a porra das minhas ligações.
 
O louro passou a mão pela barba que encaixava no assimétrico rosto como uma luva.
 
 
- Tá nervosa, Hops?
 
Ela logo pareceu notar que estava agindo como uma louca desde que botou os pés naquela casa, o olhar foi pra Pietro e depois ele voltou-se ao rapaz.
 
- Não...to bem...
 
Só meio louca, vendo coisas.
 
Troy estava ali sem entender muita coisa, logo o olhar dele foi pra Lionel, e ele abriu um leve sorriso.
 
Afinal...
 
O que o riquinho estava fazendo naquele buraco?
 
Veio por ele?
 

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 25
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 496

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Pietro Salviatti em Qua 12 Set 2018, 12:02

Assim que o grito de Lionel ecoou pela sala, Pietro adentrou mais rapidamente.

- Fica atrás de mim, Megan... - Pediu.

Afinal, se algo de ruim estivesse pela frente, ele poderia protegê-la.

Subiu o mais rápido que pode.

Bem no momento em que Hope abraçava Troy.

Pietro arqueou a sobrancelha, sem entender o porque da urgência.

O que estava acontecendo?

Então ouviu a porta atrás de si, na sala.

De pronto segurou Megan pela mão e entrou mais no quarto, deixando as costas contra uma das paredes, logo soltando a mão dela.

A guiou apenas para ter uma posição "mais segura" em relação a porta.

Por que?

Porque não fazia ideia do que estava acontecendo.

- O que houve? Está todo mundo bem?

Então Hope perguntava sobre Dimmy.

Pietro apenas acompanhava, sem interferir ou nada dizer.

Logo vinha a voz do corredor, informando onde estava o famoso Dimitriu.

Hvitserk.

Pietro respirou fundo.

Mais uma vez precisava de um autocontrole hercúleo.

Ele perguntava sobre Troy e em seguida questionava Hope daquele modo.

Era neste momento, em que Hope o respondia, que Pietro tomava a frente.

Entrando no campo de visão de Hope, ficando de costas para ela.

E de frente para Hvitserk.

- Hey, Hvitserk... Estava me perguntando quando você apareceria... - Disse no melhor e mais amigável tom possível.

E na frase mais ambígua possível.

Ele estendeu a mão para ele, sem parar de falar - Scusa, acabemos entrando em sua casa sem aviso algum... Troy, certo? É que recebi uma mensagem dos meus amigos assustados, estavam preocupados com você. O que houve? - E então voltou-se para Troy, dando as costas para Hvi.

Ainda mantendo-se entre ele e Hope.
avatar
Pietro Salviatti

Nacionalidade : Milan, ITA
Idade : 20
Cargo : Presidente
Humor : Sereno
Mensagens : 335

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Megan Blackburn em Qua 12 Set 2018, 20:49

Hope não foi bem clara no início com o que estava havendo ali e Megan ficou intrigada, mais do que quando saiu da sala da Doutora sabendo que os pais, ou seus espíritos estavam ali atrás da mesma. Os olhos da garota fitaram o rapaz que foi abraçado por Hope, era um dos garçons do Restaurante, ela não era muito boa em lembrar nomes, mas fisionomias, sim.

Hope perguntava sobre um tal Dimmy, e ela al terminava de falar dele, o mesmo respondia que estava em casa.

Mas, a pergunta foi interessante:

“O que vocês estão aprontando?”.

Megan acabava por olhar para o rapaz loiro de terno preto que entrava no quarto que eles invadiram, Okay, era bonito, olhar não tira pedaços. Mas, notou também que o mesmo olhava e falava com sua amiga de um modo simpático, sem maldade.

E Pietro ela manteve-se desde que entraram ali no quarto do jeito que você a colocou, de forma segura, atrás de ti, percebendo sua preocupação em proteger a baixinha de menos de um metro de sessenta e seis, pegou com delicadeza na sua mão também.

Afinal a pegada forte era destinada a outra pessoa, mas isso não vem ao caso agora, o momento era de tensão, não de outra coisa.

Notou um certo modo polido – ou seria desafio -  em Pietro quando falou com o Presidente da KGT, e gentileza na fala do italiano quando o mesmo dirigiu-se para Troy.

Um arrepio nos braços, os pelos se eriçavam como um gato acuado por algum tipo de perigo.

ISABELLA.

Foi a primeira pessoa em que pensou, eles ali, ninguém deles parecia estar em perigo, mas o nome da irmã da irmã foi o primeiro que veio em mente, quando sentiu aquele mal estar. Do mesmo jeito quando em uma tarde de inverno a mais velha estava patinando no gelo de um lago próximo a casa, e o mesmo estalou, ela ficou sem se mexer, pois, se o fizesse acabaria caindo ali sozinha.

Foi Megan que saiu correndo da mansão levando consigo os pais, que recebiam visitas, gritando histérica para irem até o lago.

Mas, desta vez não era o lago, era outro lugar.

Supôs que ela não saiu da ZBZ para ficar conversando com a Presidente, então ainda poderia estar lá. Encostou-se na parede e ficou pálida.

- Não sei o que diabos aconteceu aqui, mas estou voltando pra ZBZ, AGORA. – O tom foi imperativo, ela tirava o celular da bolsa e ligava para a irmã e dava para perceber desespero.

- Aconteceu algo ruim com a Izzy... Aconteceu... – E Hope, se você conhecesse bem aquelas duas, saberia que tinham uma ligação forte assim. Se Megan falou daquele modo ela precisava sim estar da irmã. Além disso Pietro poderia sentir a urgência a voz da garota, o assunto era sua irmã e ela sairia voando dali se preciso.

A mais velha parecia não atender, caindo na caixa postal.

- Desculpa, gente, mas estou indo... Lionel, falamos amanhã.  – E ela ia mesmo, já chamando um UBER para se deslocar de um lado da cidade para a ZBZ. E Lionel não fique chateado com ela, mas ela simplesmente não entendeu o que aconteceu ali, e como ninguém explicou logo, ela tinha uma urgência maior, a irmã, mas não ia esquecer que precisavam conversar, afinal ela percebeu ligeiramente que você estava preocupado com o rapaz ali daquele quarto.

Desceu a escada correndo e enviava uma msg de voz para Chris, ela não sabia onde ele estava, mas não custava tentar.

- Chris, se você está na Ômega vai ver a Izzy, por favor... É urgente. – Fim da mensagem. Okay, se alguém oferecesse carona, ela ia junto, caso contrário em menos de cinco minutos o UBER estaria ali.
avatar
Megan Blackburn

Nacionalidade : Londos, UK
Idade : 18
Cargo : Caloura
Humor : Hiperativa -Ahloka.
Mensagens : 170

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hope Mitchell em Qui 13 Set 2018, 10:09

Megan....
 
Hope nunca era clara....Você conhecia ela a anos, e sabia muito bem que se ela não quisesse que alguém soubesse algo. Ninguém nunca ia saber.
 
Ela não ia demonstrar, ela não ia sequer respirar diferente para que alguém descobrisse.
 
Ou ela abria a boca linda que tinha e falava, ou ninguém ia saber.
 
Era assim e sempre foi assim.
 
Porque seria diferente hoje?
 
Hope abraçava Troy e era claro, que eram conhecidos, amigos. O carinho era nítido entre os dois.
 
Pietro e Megan logo entravam ao quarto, Pietro sempre com seu jeito protetor, protegendo a pequena Megan.
 
Hope afastava-se de Troy erguendo-se da cama e perguntando de Dimmy, Troy mal tinha tempo para responder a Hope e o belo rapaz loiro entrava, recostando ao batente.
 
Ele respondia por Troy.
 
E logo questionava Hope daquele modo que a fazia apenas ficar encarando ele nos olhos, em seguida dizer que estava tudo bem, quase ao mesmo tempo que Pietro entrava no campo de visão dela, e cobria a imagem do louro com o próprio corpo.
 
Hope apenas assistiu Pietro cumprimentar o rapaz cordialmente, e logo ele falava sobre ter recebido uma mensagem dos amigos assustados. Dava as costas ao rapaz e falava com Troy.
 
Troy estava encarando Lionel, mas assim que Pietro se dirigiu a ele, ele logo voltou os claros olhos a Pietro, o encarando.
 
As cabeça aos pés.
 
- Não consigo me concentrar....
 
Hope encarou Troy de canto de olhos, e se não estivesse tão nervosa, teria dado uma resposta.
 
- Troy o que está acontecendo?...
 
Troy ria baixo e voltava os olhos a amiga.
 
- Não sei... apenas não me senti muito bem, deitei na cama e apaguei.
 
- Você quer ir pro hospital?....
 
Era quando Megan falava daquele jeito, Hope de imediato se virava para a amiga. E ela dizia que algo ruim tinha acontecido com Izzy.
 
Hope abria mais os olhos e era o sangue dela que fervia no corpo agora.
 
- O que?...
 
Ela aproximava-se de Megan e logo segurava os braços dela, a apertando mais do que deve3ria.
 
- O que aconteceu, Megan ? Do que você está falando?
 
Sim, ela sabia daquela ligação de irmãs entre elas, e sabia que se Megan estava sentindo algo, era porque algo realmente tinha acontecido.
 
Logo Megan dizia que tinha que ir, obviamente Izzy não atendia a ligação.
 
- Espera Megan, vou com você!....
 
Hope dizia de modo impositor.
 
Não estava se convidando, ela ia e foda-se.
 
Logo ela voltou os olhos a Pietro e ia falar algo, mas olhou de relance por cima dos ombros do rapaz e logo mordeu com força o lábio inferior.
 
Não sabia se Pietro iria ir ou ficar, se Troy estava bem,
 
Lionel.
 
Logo Hope saia apressada atrás de Megan que ia como um foguete para fora do quarto, Hope até esbarrava em Hvi na hora de passar a porta, de modo até brusco, e apertava o passo para acompanhar a loira.
 
- Eu to de carro!
 
O carro de quem mesmo?
 
Importa?
 
MUITO.

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 25
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 496

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hvitserk Freyr em Qui 13 Set 2018, 11:19

Um levíssimo sorriso, quase imperceptível, ousava se formar nos lábios do sueco quando você o respondia daquele modo, Hope.

Mas logo o italiano tomava a frente dele.

Hvi o olhava nos olhos.

E os cerrava levemente com o que Pietro dizia.

Como se não tivesse gostado muito do cumprimento.

Mas em seguida abria um meio sorriso.

- Salviatti... Sempre heróis, não é? Prazer em revê-lo, Pietro... - Ele respondeu, também em tom amigável.

Respondendo ao cumprimento do italiano com um aperto firme e forte.

Todavia logo Pietro voltava-se para Troy.

E Hvisterk cruzava os braços sobre o peito largo.

- Você bebeu daquela vodka que te dei, não é? Isso explicaria muita coisa... - Ele respondeu, quase em um resmungo.

Mas então Megan falava naquele tom urgente.

Ele então voltava os olhos para você, Megan.

Como se tivesse notado você só agora.

Os belos olhos cinzas fixavam-se contra os seus demoradamente.

Sem que houvesse qualquer tentativa de disfarçar que a olhava tão intensamente.

O sueco então descruzou os braços - Desculpa, acho que não a conheço ainda... Sou Hvisterk Freyr, sou presidente da KTG. Vim ver o que houve com meu amigo, pois também estava preocupado... Mas como ele está bem, vou retornar a Duxhill e posso levá-la, se quiser - A voz dele era muito grave.

O que combinava com o tamanho dele.

Sem contar o sotaque, oriundo da Suécia, que deixava o inglês dele até de difícil compreensão.

Mas logo Hope tomava a frente, aparentando estar preocupada com a "Izzy".

Hvi dava de ombros, já que Megan já saía correndo com ela.

Para dar caminho a Hope, já que estava na porta, ele recuava um pouco para o corredor, mantendo o braço contra o batente da porta, em direção oposta ao que elas seguiam.

Mantendo o punho cerrado, o fechando levemente.

Ao passo que voltava o olhar para para Lionel e Pietro.

O que vão fazer agora?

Ele voltava os olhos para Lionel, o analisando.

Mas não se apresentava.

Ao menos, não ainda.
avatar
Hvitserk Freyr

Nacionalidade : Stockholm, SW
Idade : 25
Cargo : Presidente
Humor : Amigável
Mensagens : 35

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hope Mitchell em Qui 13 Set 2018, 11:51

Adendo:
Não dava tempo.
 
Não dava tempo para sentir nada, para pensar em nada.
 
Para ir atrás de Dimmy.
 
Falar com Pietro, tirar Lionel dali.
 
Hope parecia ficar cega quando ouvia que Izzy estava em perigo, ela saia como uma louca atrás de Megan, esbarrando em Hvi, andando a passos muito rápidos pelo corredor.
 
Ainda usava o vestido da noite anterior, solto ao corpo, confortável, tinha os cabelos presos em um coque feito as pressas, e o rosto precisava de nova maquiagem, visto que a da noite anterior já tinha vencido e não tinha sido devidamente retirada.
 
Mas Hope não pensava em nada, ela ficava cega quando se tratava da amiga.
 
Engraçado que quando era com Megan ela não ficava assim.
 
Tão cega.
 
Mas...
 
- Megan espera....
 
Ela dizia aumentando os passos que já a levavam para onde estava a escada. E de súbito ela sentiu uma dor ao peito muito forte, uma espécie de aperto, levou a mão ao peito e de súbito o corpo tombou ao chão em meio a um grito, ela oscilou por segundos, quase ao mesmo tempo que perdeu o controle do próprio corpo e virou o pé, visto que estava de salto, caindo, tendo as costas apoiadas a parede. As pernas unidas, uma das mãos estavam sob um dos pés.
 
Os olhos fechavam com força, a expressão de dor era pura ao rosto, que raramente expressava algo além de provocação.
 
- Puta que pariu...
 
Hope sacudia a cabeça em negativo e antes que Megan pudesse pensar em voltar.
 
- Vai atrás da Isabella!
 
Não era realmente um pedido. Ela ia se virar, mas Izzy estava em perigo e Megan tinha que priorizar isto.
 
Ela nem conseguia pensar onde estava a chave do carro para joga-la para Megan ou mandar Pietro leva-la, ou Lionel.
 
Qualquer um poha.
 
Ela logo apoiava as mãos a parede e tentava se erguer, mas era só pedir para ter mais dor, certamente ela tinha ou torcido o pé ou fraturado.
 
O que era pior?
 
Não pode ir ajudar Isabella.
 
- Vai Megan, vai atrás dela...leva o Pietro..
 
Hope suspirou fundo, e por alguns segundos ela fechou os olhos com força e engoliu um choro.
 
- O Pietro não, o Lionel....
 
Porque não ser egoísta, Hope nunca foi o exemplo a ser seguido...
 
Ela dizia em um tom até levemente irritado, mesmo que Megan tivesse que ir andando ou maratonando, que fosse logo.

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 25
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 496

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hvitserk Freyr em Qui 13 Set 2018, 17:01

Hvitserk voltava-se para o corredor, ao notar o barulho.

Imediatamente, baixava o braço e abria as mãos, em um sobressalto.

A principio, parecia sem reação.

Mas depois não fazia menção de ir até Hope.

Convenhamos, Hope, o que não falta é macho querendo te socorrer.

E só de olhar para você me dá certo enjoo... Olha para suas roupas, sua maquiagem.

Como pode ter cara que fique maluco por uma garota assim?

Ele suspirava.

Megan ainda tinha urgência.

Sugeriu que Pietro fosse com ela.

E então Lionel.

Pietro que está com você então? Que evolução, Hope. Para quem trepava com qualquer um que tivesse mais do que quatro dentes, agora você mirou alto.

Talvez você deva ler a Gossip mais tarde.

De qualquer modo Hvi finalmente caminhava na direção das garotas, ao passo que via os demais, principalmente Pietro, socorrer Hope.

- Vamos, Megan... Deixa Lionel e Troy se entenderem... Eu te levo a Duxhill - Disse em um tom mais baixo, que no máximo Megan e Hope ouviriam.

E então foi caminhando para fora da casa de Troy, abrindo a porta da sala e a fechando atrás de si.

Caso Megan o seguisse, Hvi a aguardaria ao lado de um Jaguar F-type branco, que estava estacionado em frente a Maserati azul.

Carro
avatar
Hvitserk Freyr

Nacionalidade : Stockholm, SW
Idade : 25
Cargo : Presidente
Humor : Amigável
Mensagens : 35

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Pietro Salviatti em Qui 13 Set 2018, 17:28

Pietro estava mantendo o foco em Hope e Troy.

Até que Megan simplesmente entrou em desespero.

Pietro a olhava assustado.

- Calma, Megan... Nós iremos até Izzy, fica tranquila... - Mas... Mal dava tempo, não é?

Hope erguia-se, tão ou mais desesperada do que Megan.

Mas que raios?

Por que Izzy era tão importante assim para você, Hope? Já é a segunda vez que você demonstra essa preocupação toda com ela.

- Espera, Hope... Troca de carro comigo... - Pietro pediu, e foi atrás da garota.

Mas nem deu tempo de nada, pois logo Hope caía daquele modo, fazendo Pietro finalmente correr atrás dela.

- Cazzo, Hope! Por que você tem que ser tão maluca assim?! - Ele praguejava, ajoelhando-se diante dela - Pirla... - Ainda bem que você não fala italiano, Hope.

Ou melhor, não entenda gírias de Milão.

De qualquer modo ele segurava sua perna com cuidado e a estendia no chão, tentando não movimentar seu tornozelo.

Em seguida, retirava seu sapato com todo cuidado do mundo, afinal... Era questão de segundos até seu tornozelo inchar e você ter que cortar aquelas tiras do sapato fora.

- Preciso te levar ao hospital... Droga... - Ele passou as mãos pelo rosto, como se pensasse no que fazer - Me dá a chave da Maserati... Eu vou chamar um guincho para levá-la daqui. Aquele carro não deveria andar... - O tom era baixo.

Naquela leve rouquidão.

Ele olhava mais para seu pé do que para seu rosto, Hope, conforme o movimentada, tentando avaliar a gravidade da torção.

Ao passo que, com a outra mão, ele sacava o celular e solicitava um guincho para a casa de Troy.

Erguia o olhar para Megan.

Poderia ele ter ficado com a Maserati, e ter dado a chave do Bentley a Megan?

Sim, poderia.

Mas ele não conseguia.

Era bizarro? Sim.

Mas... Ele realmente não conseguia, Megan. Desculpa.

- Megan... Me avisa assim que você chegar em Duxhill, por favor. Vou levar Hope ao hospital de Boston... - Porque, não, não confio no de Duxhill.

Dito isso, caso ninguém o impedisse, ele pegaria você no colo, Hope... E a levaria até o Bentley.

Lá aguardaria o maldito guincho e então te levaria ao hospital.

E, sim, você ficaria com dor até o guincho chegar.

Paciência.

Deu para ver como aquele carro, pra ele, não é simplesmente um carro?





avatar
Pietro Salviatti

Nacionalidade : Milan, ITA
Idade : 20
Cargo : Presidente
Humor : Sereno
Mensagens : 335

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Megan Blackburn em Qui 13 Set 2018, 21:12

Sobre Hvi.
Hvitserk se havia uma coisa que você poderia notar nela é que ficou corada, apesar de ter ficado pálida segundos atrás pelo modo que sentiu-se acerca da irmã. E era estranho ver alguém com a postura dela, ao menos quando ficava séria manter-se daquele jeito, quem sabe ninguém esperasse que Megan fosse do tipo que fica com vergonha. Mas, aconteceu.

Ela prestou atenção em você sim, não de cima a baixo.

Apenas em seus olhos, que pareciam inquisidores.

- Sr. Freyr, obrigada, mas não quero incomodar... – Falou com discrição, não desejando ser grossa, mas mesmo sendo Presidente da KGT, ela não te conhecia a ponto de pegar carona – tá, ela arriscou a vida social e a liberdade ao ajudar Cassandra naquela confusão – mas, era diferente. Ou não? Esqueceu de falar seu próprio nome, mas a urgência era estampada nos olhos claros dela.

Sobre Hope.

Hope, Megan tinha noção do que você sentia pela irmã, mas o aperto em seus braços chegou a doer. Ela deu um passo para trás livrando-se das mãos da bela morena, olhando-a com aquele jeito mesclado entre dúvida e surpresa.

- Não sei, mas vou descobrir... - Okay, ao que parecia ela não ia sozinha para a ZBZ atrás da irmã que não atendeu o telefone, mas mal começava a descer a escada, Hope ia atrás dela, e acabava por ser apresada demais, caindo quando desceu a escada, culpa do salto, culpa da pressa, culpa de alguém talvez.

Hope sentiu algo, caiu e torceu o pé, mas ainda assim lhe deu a ordem de ir atrás de Izzy, era a prioridade, no máximo ela ia ficar de molho uns dias e ainda ser levada no colo por Pietro.

- Hope, eu... Desculpa... – Estava desesperada, a irmã sem atender, o maldito UBER sem ter sinal por perto, e agora Hope passando mal e caindo. Garota você estava sentindo agonia, mas poderia notar de forma clara que doía na Blackburn mais nova lhe deixar ali, apesar de saber que seria bem cuidada.

Sobre Pietro.

- Cuida dela, por favor...  – E foi só o que pediu, dando as costas a eles todos e indo atrás de Hvi. Na verdade ela sequer pensou em pegar seu carro ou mesmo o que Hope veio dirigindo – supôs assim – estava nervosa demais para dirigir.

Sobre Freyr.

Então a opção dela era ir com Freyr, já que lhe ofereceu a carona. Foi atrás dele, e deixou a porta da casa bater pela pressa.

- Espera, eu aceito a carona! – Megan notou que você a chamou pelo nome, bem não era preciso sequer ter QI alto para ouvir que quem conversou com ela a chamava pelo nome, bela dedução Sherlock.

Assim que ele estivesse no carro ela abriria a porta do carona e entraria, e a garota não bateu com força a porta do seu carro, detestava isso, logo colocando o cinto, e não era apenas pressa para chegarem logo, ela tinha um certo receio com o cinto de segurança.

Culpa do acidente dos pais, mas isso não vinha ao caso agora.

Baixou a cabeça por alguns segundos, colocando a bolsa deitada no colo, e levando as mãos nos cabelos, formando um coque, que logo se desfazia.

- Desculpa a minha falta de educação, mas estou desesperada, e agradeceria muito se me levasse para a ZBZ, não estou em condições de dirigir, e não consegui achar um UBER... – Estava nervosa e envergonhada.  Até porque não veio com seu carro, e ao que tudo indicava Pietro tinha algum tipo de apego pelos dois carros ali fora, o que eles dois vieram e o que Hope veio, mas ela sequer saberia porque o Presidente não lhe deixou dirigir o carro em que a amiga veio com Lionel.

- É coisa de irmãs... Sempre que uma ou a outra se mete em confusão ou perigo, nós sabemos... Se fossemos gêmeas, acho que ia ser pior... – Ela sorriu de forma tímida, olhando para o colo, e ajeitando a jaqueta, e os gomos da saia de colegial que usava. Não ia chorar, não. Era só aquele aperto estranho, o ó na garganta ia sumindo.

- Do jeito que fomos chamados aqui parecia que alguém tinha morrido, mas que bom que ele está bem. – Respirou fundo, enquanto ele talvez começasse a dirigir. Ar novo nos pulmões era algo bom, sempre.

- Vamos acabar formando um grupo de super-heróis mascarados e combater o Mal, e nem somos direito estudantes de Medicina, que vergonha... – Riu de novo, agora com um pouco mais de vontade, e olhou para ele, o estranho é que ela não corou mais, mas ao contrário da maioria também não te devorava com os olhos, Senhor Freyr. Porque venhamos e convenhamos, era bem provável que qualquer mulher já estaria no seu colo naquela hora. Megan gostava dos olhos das pessoas, revelavam muita coisa.

A velha história de serem as janelas da alma.

Pegou o celular, mandou outra mensagem, desta vez escrita, no WhatsApp para a irmã na esperança dela responder, já que a ligação ela não o fez.

“Cabeçuda, eu vou arrancar seu couro com um canivete gasto se não me responder logo!”

Até franziu a testa quando terminou de escrever furiosamente aquela mensagem. Uma Lolita braba, cuidado, gente.

Aos olhos dela, ele manteria mais a atenção na estrada do que nela, então aproveitou e mandou outra mensagem escrita, desta vez para Chris.

“Achou ela, está bem? Estou indo de carona, longa história, depois explico...”.

Chris ela não ia comentar NADA DA FOTO SEMINU que a gossip postou de você. Não agora e nem ia perguntar pra quem você posou bancando o policial tarado. Mas, um dia, ela poderia te matar dormindo com um travesseiro de raiva.

Guardou o celular e tornou a prestar atenção nele, ou na estrada, ela nem sabia se ele já tinha lido a Gossip – qual é, quem seria excluído de não ter lido sobre ela? – era bem provável que Hvi lhe ofereceu carona por algum motivo, ou quis ser útil, ou quis ser gentil, ou apenas queria que falassem mais mal da novata ZBZ que ia chegar na Mansão Rosa com o Presidente da KGT.

E sabe o que? Não se importou.

Porque naquele momento tudo que ele estava fazendo era lhe ajudar.

Não ia julgar mais ninguém, afinal Duhxill era um antro de pessoas com máscaras, o problema é que ela estava cansando de usar uma.
avatar
Megan Blackburn

Nacionalidade : Londos, UK
Idade : 18
Cargo : Caloura
Humor : Hiperativa -Ahloka.
Mensagens : 170

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Christofer Mackenzye em Qui 13 Set 2018, 21:16

A resposta não demorava muito:

"Ela esta bem...Houve um incidente envolvendo Cassandra na verdade, mas ela tambem ja esta melhor. Apenas um susto. Estou na frente da ZBZ na verdade."



avatar
Christofer Mackenzye

Nacionalidade : Inglaterra
Idade : 23
Cargo : Novato
Humor : Indiferente
Mensagens : 227

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hvitserk Freyr em Qui 13 Set 2018, 22:09

Megan, você poderia jurar que um sorriso ameaçou surgir nos lábios dele quando você corou daquele modo.

Mas, com tanta preocupações, distrações... Talvez você nem tenha notado aquele sorriso de canto de lábios.

Ele logo lhe respondia, com aquele sotaque único - Não seria incomodo algum, estou a caminho de Duxhill mesmo...

Pois logo você saía as pressas do quarto.

Hope ia atrás.

Tombo.

Preocupações.

Blá blá blá.

Por que se importam tanto com uma garota como Hope, volto a repetir.

Hvitserk já estava pronto para sair quando te ouviu chamá-lo.

Agora sim ele exibiu um sorriso mais amplo.

E sim, Megan... Seus amigos gostavam de você, ele reparou bem nisso. Foi você dizer que tinha um problema que todos ficaram bem solícitos... Então deduzir seu nome não foi nada difícil.

Contudo ele não adentrava o carro, ele ia até a porta do carona e a abria para você, Megan.

A fechando com cuidado em seguida, para, enfim, dar a volta no Jaguar e finalmente assumir o volante.

Mesmo sendo um carro esportivo, ao ligar o motor, este ronronou baixo e de modo educado.

Até mesmo similar ao jeito de Hvitserk.

De certo modo o sueco gostou do modo que o interior vermelho destacava-se contra seus cabelos, sua pele e o tom do seu vestido.

Por isso ele sorria.

Sempre de um modo amigável.

Diferente de Pietro, ele não emanava aquele calor típico dos italianos. Ele trazia o gelo de sua terra natal na cor de seus olhos.

Mas o louro era simpático.

Ou, pelo menos, sorridente.

Ele ria de modo lacônico quando você se desculpava.

A respondendo naquela voz excessivamente rouca.

- Não precisa desculpar-se, Megan... Aliás, precisa sim! Pela audácia de me chamar de Sr. Freyr! Quase chamei meu pai para te dar carona...

Ele mantinha uma velocidade média... Compatível com a via.

Poderia correr, mas... Ele seguia no limite de velocidade, fazendo as trocas de marcha pelas alavancas borboletas do volante.

- Eu compreendo... Tenho um irmã mais nova, Astrid... Também sou super protetor com ela. Talvez seja coisa de irmão mais velho, não sei... Mas entendo sua ligação com ela. Por isso me ofereci de pronto para ajudá-la. Acredito que tudo não passou de um mal entendido e sua irmã estará bem, tenta manter a calma... - Em seguida ele justificava sobre Troy - Isso deve ter sido culpa minha. Troy é um amigo muito querido, e eu lhe dei uma vodka meio forte de presente. Ele deve ter se empolgado e assustado seus amigos, sinto muito


Ele mantinha a atenção total nas ruas.

Ao menos até parar em algum semáforo.

Momento em que ele voltava-se para você.

E a olhava nos olhos.

Sempre nos olhos.

Fixamente.

Como disse antes, os olhos dele tinham aquela coloração única. Um misto de cinza/azul que pareciam ter luz própria.

E era neste momento em que ele falava daquele modo, diretamente para você - Só pelo fato de ter vindo até aqui, se preocupado desta maneira, já demonstra o caráter que você tem, Megan. Ao seu modo, você foi uma super heroína hoje. E pelo jeito vai continuar sendo, já que estamos ao resgate de sua irmã - Ele dizia com um sorriso - Desculpa, mas... Logo vamos chegar e vou me arrepender se não te perguntar isso. Você tem namorado ou algum compromisso sério? Só para que eu não seja indelicado ao te convidar para um jantar ou algo assim... - Ele justificava-se.

Sempre mantendo aquele sorriso amplo nos lábios.

E, Megan... Estranhamente, o maldito semáforo parecia não abrir tão rápido.

Por ele esperava sua resposta sem tirar os olhos dos seus.

avatar
Hvitserk Freyr

Nacionalidade : Stockholm, SW
Idade : 25
Cargo : Presidente
Humor : Amigável
Mensagens : 35

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hope Mitchell em Qui 13 Set 2018, 22:19

Hope mal ouvia o pedido de Pietro.
 
E súbito vinha aquele mal estar, aquela dor no peito, e o corpo dela tombava, como se não a obedecesse mais. Era quando Pietro se aproximava, e logo Hope voltava os olhos a ele, ele fazia aquela pergunta, e ela tinha vontade de responder.
 
De mandar ele tomar bem no centro do rabo italiano dele, mas ela mordeu o lábio inferior e não falou nada.
 
Hope deixava ele segurar sua perna e ela gemia de dor quando ele tocava a mesma, por mais cuidado que tivesse. Deixava ele tirar seu sapato, e logo ela suspirava, ouvindo ele falar que precisava levar ela no hospital.
 
Ela ainda não falava nada.
 
Ela estava estranhamente quieta.
 
Nem pra Megan respondeu, quando ela pediu desculpas e partiu.
 
E então diante de tudo aquilo, ele queria a chave do Maserati, para...
 
Guinchar?
 
- O carro não está quebrado...
 
Hope dizia, mas parecia não ter forças para discutir aquilo, ela somente estendeu a chave para Pietro, tentando entender porque diabos ele queria guinchar o carro e dificultar tudo.
 
E então ele falava aquilo do carro, Hope tombou a cabeça pra trás e fechou lentamente os olhos, porque realmente não conseguia pensar naquilo naquele momento.
 
Precisava de uns minutos.
 
Talvez uma vida.
 
Pietro no meio disto tudo tratava o carro como a porra de um filho.
E Hope não queria mesmo pensar que no final ninguém conhecido ia levar Megan.
 
Pietro decidia isto.
 
Por causa da porra do carro.
 
Hope deixava Pietro tomar as decisões, o que era raro.
 
Hvi passava por ela e não dizia nada, ela somente manteve os olhos fechados, pensando em não pensar.
 
A cabeça doía ainda mais agora, e a ressaca parecia falar mais alto que tudo.
 
Logo Pietro a apanhava no colo, e ela deixava os braços envolverem o pescoço dele, ainda em silencio, sentou-se ao banco do passageiro, acomodando a perna ali de modo a não sentir tanto dor.
 
E ficou no mais absoluto silencio, vendo Megan sair de la com Hvi, enquanto Troy e Lionel tinham algum tipo de conversa, ou não.
 
Nesta altura.
 
FODA-SE.
 
Hope e Pietro estavam no carro, em silencio esperando o guincho, e finalmente a loira falava.
 
- Eu não vou por enquanto perguntar pra você o que tem com a porra daquele carro, Pietro....
 
Os olhos de Hope foram aos do italiano, exatamente porque ele sabia o que estava em jogo.
 
Só ele sabia.
 
E ela.
 
Hope desviou os olhos e então fitou o carro em silencio.
 
Parado ali.
 
O que tinha de tão especial.
 
- Eu vi o Troy morto dentro daquele carro, ele queria me falar algo....
 
Ela dizia quase sem acreditar no que ela mesmo falava.
 
- Por isto eu vim pra cá,....Troy...Dimmy...”Aivi” são melhores amigos....
 
Ela mordia com força o lábio inferior e sacudia a cabeça em negativo.
 
- E nada disto tem sentido agora que a Izzy está em perigo e eu estou pressa sem poder fazer merda nenhuma....
 
Hope dava um murro ao painel do carro, fechando ambas as mãos sobre ele.
 
- Que merda do caralho está acontecendo neste lugar?!!!! 
 
Ela finalmente virava o rosto para você Pietro, o encarando nos olhos.
 
- A Bella está em perigo, todos agindo como loucos e você está preocupado com o carro.....
 
Os olhos de Hope chegavam a lacrimejar.
 
- Você sabe o que eu senti lá dentro?....e sabe que eu tive que engolir tudo isto porque uma pessoa que eu amo está em perigo e eu simplesmente não posso ajuda-la. E a última pessoa do mundo que vai conseguir é a Megan...
 
Hope desviou os olhos encarando o painel do carro, enquanto o guincho finalmente chegava.

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 25
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 496

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Pietro Salviatti em Qui 13 Set 2018, 22:42

Pietro apenas apanhava o chaveiro do carro, no caso, já que não haviam chaves e não a respondia sobre ele estar quebrado.

Ele precisava ser guinchado, simples assim.

Logo ele te tomava no colo com todo cuidado do mundo, Hope.

Passando um dos braços na altura dos seus joelhos e o outro contra suas costas.

Como há algumas horas, engraçado, não?

Apenas gritava para Troy e Lionel que estava saindo.

E então ia até o Bentley.

A colocando com cuidado no banco do passageiro.

Observou Megan saindo com Hvi e suspirou.

Não... Gostando daquilo.

Novamente Hope falava do carro e Pietro respirava fundo.

- Você... Não deveria ter pego esse carro. Eu deveria ter avisado, desculpe...

Justificou.

Mas adiantaria?

Claro que não.

E então ela dizia que viu Troy morto dentro do carro.

- Viu o quê? Porca miseria... - Ele praguejou, afastando-se um pouco de você, Hope, para olhar o maldito Maserati.

Já que você estava no Bentley.

Hope continuava falando, xingando e praguejando.

Então Pietro voltava até o Bentley.

- Hope... Meu primeiro grande contrato foi com a Calvin Klein. Eu já modelava há algum tempo... - Ele começava a explicar, com a maior calma do mundo.

Bem daquele jeito que te irritaria, não é?

- Mas nunca tinha conseguido nenhum grande contrato. Quero dizer, eu tinha um bom dinheiro, mas nada comparado a hoje... E foi graças a Ezio que consegui o contrato. Ele já era um jogador famoso na época, falou sobre mim para algumas pessoas grandes e boom... Lá estava eu como a nova cara da Calvin - Ele mantinha o olhar em cima do carro - Eu conheço vários modelos que também eram pobres quando jovens... E, quando fecharam um grande contrato, comparam casas para os pais, ou para si... - Ele dava de ombros - Eu gastei meu primeiro salário todo nesse carro, o dando a Ezio, como forma de pagamento. Ele tinha dinheiro para comprar uns três se quisesse... Cazzo - Ele ria de leve, e os olhos dele marejavam um pouco - Se ele falasse, a Maserati daria um por ano para ele, só para ele ser garoto propaganda. Mas ele ficou tão feliz com esse carro... E andava para cima e para baixo com ele. Chegou a fazer vídeos aqui em Duxhill e mandou para mim para Milão... - Ele esfregava o punho contra o rosto e respirava fundo - Ninguém, fora Ezio, dirigiu esse carro. Até hoje... - Ele voltava o olhar para você - Eu não sei o que você viu, se está relacionado a toda essa insanidade que estamos vivendo... Mas... Você não deveria ter pego o carro. E eu sei que deveria ter avisado... Desculpa.


Ele suspirava e dava as costas para o carro.

Para ele era como encarar um fantasma.

Por fim suspirou.

O guincho deveria chegar em breve... Pietro havia oferecido uma quantia considerável para uma remoção rápida.

E com "patins", ou seja, o carro não rodaria nem mesmo para subir ao guincho.

- Tenho certeza que Megan dará um jeito. Izzy é bem importante para você, uh? - Ele perguntava.

O tom era completamente neutro.

Assim que o guincho chegasse, te levaria ao hospital, Hope.
avatar
Pietro Salviatti

Nacionalidade : Milan, ITA
Idade : 20
Cargo : Presidente
Humor : Sereno
Mensagens : 335

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Megan Blackburn em Qui 13 Set 2018, 22:54

Tá, ela estranhou quando ele deu a volta e abriu a porta do carro para ela, não que isso não fosse usual, mas era algo legal sim, cavalheirismo não poderia ser confundido com machismo, e gestos assim são legais.

Notou que ele não quis bancar o Velozes e Furiosos, ótimo!

Ela mesma não se agradava de altas velocidades, mesmo tendo um carro de estimação e que corria muito, nem sabia porque diabos adotou aquilo da garagem dos pais, mas lhe chamava a atenção por isso ficou com ele.

Ou talvez, porque fosse o carro preferido do pai.

Seria mais uma recordação, na verdade, de quando era só uma garotinha correndo pela Mansão atrás da irmã, brincando de pega-pega ou esconde-esconde, e até hoje não entendia como Isabella conseguia se esconder daquele jeito.

Ela teve de rir baixo quando ele falou em chamar o próprio pai para lhe dar carona, por ela ter o chamado pelo sobrenome. Ah, era uma mania. Coisa aprendida com os pais, bons modos, é assim que você chama alguém mais velho ou mesmo estranho quando não tem intimidade. E ai dela se não fosse educada como os pais queriam que fosse.

Ela fechou os olhos com o riso e abriu rapidamente, para não parecer uma boba.

Mas, ela era boba, as vezes, sim.

Ele tentou lhe acalmar, e o efeito mesclado entre gélido e prestativo do rapaz pareceu ajudar sim, não dava para negar que ele conseguiu apaziguar um pouco da preocupação da garota com a irmã. E se algo realmente ruim tivesse acontecido com Isabella, ela saberia. Assim como quando acordou chorando no dia do acidente com os pais.

Chorava compulsivamente, agarrando um travesseiro do nada, como se pudesse segurar a irmã no banco e protege-la.

Como quando alguém chega por trás e lhe abraça com força.

Era como sentir ter perdido uma parte dela em algum lugar, e lembrou por alguns segundos, que foram como sombras nos olhos da garota, que desviou o olhar para o vidro da janela, não saiu do lado de Izzy até ela acordar, dormiu no Hospital, montaria um acampamento se preciso.

Sacudiu a cabeça, mandando a lembrança ruim embora, não era algo grave assim, não poderia ser ou ela teria saído correndo tresloucada pelas ruas até a ZBZ.

Porque ele tinha de ter olhos tão bonitos e cheios daquela luz estranha?

Mas, não poderia agir como uma mariposa, e ser morta assim. Autocontrole, Megan Blackburn.

- Okay, então eu posso lhe chamar pelo primeiro nome, Hvits... Ih... – Enrolou a língua pra falar e riu baixo, levando a mão na frente da boca, encostando a nuca no banco do carro.

- Desculpa, na segunda tentativa eu acerto, juro! – E sorria mais abertamente.



- Hvi...? Como a Hope te chamou, posso? – Baixou de leve a cabeça, e inclinou para o lado dele, diminuindo o sorriso, mas mais amável.

Coçou a cabeça na parte de trás, e ajeitou os cabelos que estavam bagunçados, voltando a olhar para frente, porque aquele maldito sinal não abria? Os segundos foram longos, e eles logo estariam na estrada percorrendo o caminho de novo.

- Tenho pena da Astrid, a não ser que ela tenha o seu jeito, ou cara de durona assim, você não deve deixar ninguém chegar perto dela... – Sorriu de um jeito maroto, e sequer lembrou de perguntar a idade da garota.

- É, ele assustou bem meus amigos, mas, no fim ali tudo vai acabar bem, Pietro vai cuidar da Hope, Lionel deve ficar e conversar com o Troy e eu estou sendo escoltada até a ZBZ, se a Isabella estiver cem por cento, eu pelo menos grudo uns dois chicletes nos cabelos dela pra me vingar...
– Ficou pensativa, como quem arma algum plano maligno, e ficou engraçada fazendo isso.

- Eu seria uma heroína acho, mas sem capa, porque como a Edna Moda fala no desenho do Incríveis, capas, só atrapalham! – Corou, ficou roxa. Confessou para um estranho que via desenhos animados, e o cara era Presidente da KGT, se joga do carro e morre atropelada, Megan, agora.

- Cara, então... Foi mal... – Riu de novo, de nervosa, de distraída, de boba. Referia-se a mencionar um desenho animado.

E veio aquela pergunta indiscreta, de quem mal conhecia.

Namorado, ficante, noivo? Inferno, ela não tinha nada fixo, CLARO QUE FICOU COM O CHRIS ONTEM, mas antes de ontem ele era o cara que ela queria matar esfolado vivo.

- Olha, se você não ficou sabendo pela Gossip, eu sou uma das galinhas mais famosas de Dux, segundo ela, claro. Apesar de que ontem eu fiquei com alguém sim. Mas, sei lá, é sempre aquela sensação que sou pouco. Normal... – Sou pouco. Entendeu o problema, nórdico? A baixinha não tinha a auto estima muito grande, isso era perceptível. Era bem provável que um KGT adorasse ficar com uma ZBZ, mas, porque diabos dentre tantas garotas maravilhosas, como Hope, por exemplo ele ia ter olhos para aquele “toco de amarrar bode” sentada ao lado dele.

- De modo oficial, estou solteira, e provavelmente logo vou ser morta pela Claire. – Ficou pensativa, porque prometeu que ia se comportar, e ia chegar com um KGT na ZBZ, ótimo, Isabella poderia ficar com seu carro e doar as roupas para alguma instituição de caridade, e poderia levar lírios vermelhos no seu tumulo.



avatar
Megan Blackburn

Nacionalidade : Londos, UK
Idade : 18
Cargo : Caloura
Humor : Hiperativa -Ahloka.
Mensagens : 170

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hope Mitchell em Qui 13 Set 2018, 23:07

Era engraçado....
 
Mas se Hope pudesse ela voltaria para algumas horas atrás e ficaria lá, Pietro...
 
Acho que você também.
 
Ela deixou que você a apanhasse, e deixava os braços envolverem seu pescoço, recostando a cabeça a seu ombro.
 
E Hvi...Existem coisas que somente um cara como Pietro poderia saber sobre uma mulher como Hope, então não adianta discutir isto com você.
 
Pode ir brincar no playground de Duxhill...
 
Pietro a colocava no banco do passageiro, deixando a porta aberta, e então ele respondia daquele modo...
 
Se desculpando.
 
E desarmando ela.
 
Trucidando a raiva toda que ela estava naquele exato instante.
 
Mas ainda tinha mais um pouco guardada, para ela xingar e praguejar.
 
Inclusive sobre ter visto Troy daquele jeito. Via que ele olhava para o Maserati.
 
- Eu gosto muito do Troy, ele é um bom menino, eu fiquei atordoada com aquilo, somente pensei em vir pra cá, achei que Lionel podia saber dele e acabei envolvendo ele...o que foi bem...estupido da minha parte...desculpa...
 
Opa...
 
Acho que vocês estão cansados mesmo para brigar, Pietro.
 
E então Pietro falava sobre o contrato da Calvin Klein.
 
E que porra isto tem a ver?
 
Ok..sem ser impulsiva, Hope deixava os raros olhos sobre os belos do italiano e apenas ouvia cada palavra, prestando atenção somente nele, e deixando que por um momento o mundo parasse de girar para que Hope pudesse olha-lo.
 
Ouvi-lo.
 
Entender cada palavra e expressão.
 
Ele contava aquela história, um pedaço da história dele, que tinha muito significado, porque ele tinha dado o carro para Ezio...
 
Hope via os olhos dele marejarem e ela suspirou fundo, ouvindo o restante da história, vendo ele esfregar o pinho ao rosto, e ele dizia que ninguém fora Ezio havia dirigindo aquele carro.
 
E Hope...tinha dirigido.
 
Tinha ido la pegado, sem falar nada, bagunçado tudo, como sempre faz.
 
Desta vez foram os olhos dela a marejar, porque não se sentia no direito de ter feito o que fez.
 
Mas tinha feito, porque ela loura, era cabeça dura.
 
Hope estendeu a mão e tocou a de Pietro, envolvendo os dedos de leve.
 
- Eu não sabia que era do Ezio, eu não tinha mesmo este direito, Pietro...
 
Hope suspirou fundo e levou uma das mãos ao rosto.
 
- Eu tenho esta cabeça louca, que faz as coisas...Que pega o que quer, sem se preocupar com as consequências....
 
O rosto ergueu-se novamente pra ele.
 
- Sem imaginar o tanto que isto era importante pra você...e pro Ezio também, eu realmente não posso voltar no tempo, mas eu sinto de verdade, Pietro...me sinto mal por isto....
 
Hope franziu de leve o nariz, o que denotava que ela ia falar de algo que estava entalado nela.
 
E isto não era bom.
 
- Eu também li a Gossip e fiquei PUTA....
 
O rosto ergueu-se mais para Pietro.
 
- Acho que isto deve ter contribuído para que eu esteja puta até agora e continue puta, mesmo sabendo que eu deveria estar preocupada com meu amigo que apareceu morto e com a Bella que pode estar passando por algo, ou talvez seja somente um pity maluco da Megan que precisa dar urgente....
 
Hope encolheu os ombros.
 
Quase voltando a ser Hope.
E então Pietro falava de Izzy, e Hope suspirou fundo. Mordendo com força o lábio inferior, ela consentiu em positivo, rindo de leve.
 
- Muito....
 
Hope arqueava a sobrancelha sem tirar os olhos dele.
 
- Foi o mais próximo de uma namorada que eu tive...e nisto inclui-se namorado também....
 
Bom..de algum modo insano.
 
Ela não tinha vontade de esconder as coisas de você, como fazia com o resto do mundo, Pietro.
 
Logo o guincho chegava e começava a apanhar o carro, exatamente do modo que o dinheiro de Pietro falou para fazer.
 
Hope ficou em silencio, esperando ele, e quando ele finamente entrasse ao carro, ela iria se virar para ele, e segurar seu rosto com ambas as mãos, o fitando nos olhos.
 
- Eu não sei realmente o que está acontecendo....mas de um modo maluco, eu realmente me senti melhor lá dentro, por saber que você estava lá. Eu sei o que você fez por mim, Pietro., eu vejo....
 
Ela deslizava a mão pela nuca do italiano, sentindo a pele dele, e logo aproximava mais o rosto, e os lábios, roçando-os de leve, antes de selar os mesmos ao dele.

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 25
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 496

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Pietro Salviatti em Sex 14 Set 2018, 11:02

Pietro suspirou longamente quando ela falou sobre Troy.

- Será que é mesmo? Não o julgando, tão pouco Dimitriu... Mas... Você sabe porque penso assim... - Ele dava de ombros.

Porque, convenhamos, tudo estava interligado.

Era óbvio, não?

Não havia como tudo aquilo ser coincidência, havia?

Ele sorria quando ela estendia a mão e tocava a dele.

E então notava os olhos marejados dela.

Rapidamente ele ajoelhava-se e limpava qualquer resquício de lágrima que ousasse escorrer.

- Hey... Está tudo bem, só estou explicando o porque. Não fica assim...Não tinha como você saber. É só que... Sei lá, esse carro me dá medo... Eu não sei porque... - Ele suspirou e finalmente deu a volta no carro, sentando-se no banco do motorista.

E então ele suspirou quando ela falou sobre o que leu na Gossip.

E Pietro parou de sorrir.

Ficando em silêncio por alguns segundos.

Até finalmente falar.

- Eu sinto muito, eu fui pego de surpresa... Mas eu fiz merda... - Ele suspira longamente - Por causa do Ezio. Ela era algum tipo de amante de Ezio, pelo o que entendi... Eu não acreditaria na história se ela não houvesse falado tantas coisas que, só conhecendo Ezio muito bem, ela poderia saber. Ela me pediu para ir a um jantar para falar de Ezio... Contudo, Chris já me alertou sobre ela... E disse que ela é perigosa. Por isso... - Ele apanhava o celular e abria alguns arquivos - Ela não terá exatamente um encontro como imagina que terá... E eu vou poder tirar dela o que quero. Ao menos esse é o plano... - E ele estendia o celular para Hope, para ver o plano que ele havia preparado.

Ele já havia envolvido pessoas.

Pago pessoas.

E os preparativos estavam a toda.

Vendo aquilo era possível ver o quanto paranoico e, porque não dizer, maluco, Pietro era.

E o quanto a busca por Ezio era... Insana.

E então ela respondia sobre Izzy.

E Pietro arqueava a sobrancelha.

A expressão amenizando-se um pouco.

- Izzy é... lésbica? bi? Uau isso é... - Ele parava de falar - Inesperado. Quero dizer, para você também... E... - Ele parecia tentar encontrar palavras - Devo ficar preocupado por você ser louca por ela ainda?

Porque, convenhamos, você fica doida sempre que se fala nela.

Ele suspirou quando Hope o agradeceu pelo o que havia feito.

E... Ele não achava que tinha feito nada demais, Hope.

Ia até falar sobre isso, mas Hope o impedia ao aproximar-se daquele modo.

Tocava o rosto dela com a ponta dos dedos e o acariciava suavemente.

Por que tinha ficado maluco por essa menina maluca?

Não saberia responder.

Mas... Ela estava tornando-se um porto seguro para Pietro.

Um porto seguro que havia um tornado ao redor, mas... Um porto seguro.

avatar
Pietro Salviatti

Nacionalidade : Milan, ITA
Idade : 20
Cargo : Presidente
Humor : Sereno
Mensagens : 335

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Hvitserk Freyr em Sex 14 Set 2018, 11:47

Hvitserk dirigia com muita tranquilidade.

E que bom que você havia apreciado isso nele, pois tudo o que o envolvia parecia transparecer isso.

Calma.

Era até conflitante com sua aparência aquilina, altura elevada e musculatura desenvolta.

Não era um atleta, longe disso, afinal era um proeminente estudante de direito.

Seu maior esporte era o levantamento de livros.

Mas não conseguia abandonar as piscinas, por exemplo.

E até seu esporte preferido, natação, passava essa imagem mais tranquila que o sueco ostentava.

Por isso ele apreciava o fato de ter conseguido fazê-la perder um pouco da preocupação, Megan.

Gostava de te fazer rir.

E adorava o som do seu riso.

Era um riso leve, inocente... Quase infante.

Enfim, combinava com sua aparência de "lolita", para usar o termo que você usou antes.

Logo Hvi ria da sua tentativa de falar o nome dele.

Obviamente, deveria ser algo comum. Tenta falar o nome dele rápido, para você ver como fica ainda pior.

- O sueco é meio difícil de se usar... Principalmente para belas britânicas como você, que não gostam muito do r. E não é uma crítica, amo sotaque britânico... - Ele acrescentava rapidamente, mantendo os olhos na estrada - Mas Hvi está perfeito. Muito melhor que Sr. Freyr... Agradeço por isso - Ele ria novamente, baixo e de modo rápido.

Mas logo Megan o fazia sorrir novamente, ao falar de Astrid.

- Bom... Acredito que ela saiba se cuidar. A foto dela deveria vir ao lado da definição de valquíria, nos dicionários - Ele parecia muito orgulhoso da irmã.

Os olhos até brilhavam ao falar dela.

- Mas... Infelizmente sou mais ciumento do que deveria com ela, confesso... Mas é minha irmãzinha, não consigo evitar... - Ele dava de ombros.

Então Megan falava que todos ficariam bem.

E falava sobre colar chicletes no cabelo de sua irmã.

E então fazia aquela expressão engraçada, como uma criança que está aprontando algo.

Hvi a olhava de rabo de olho, reparando no jeito dela.

E em seguida brincava - E eu que tenho cara de durão, é?

E então ele ria quando você citava Edna Moda.

E mais uma vez, ficava corada.

Estava começando a gostar de vê-la assim, Megan.

- Ok, sem capas! - Ele tentou imitar o sotaque estranho e o tom de voz de Edna.

O sotaque dele já era estranho, então ficava mais fácil.

Mas rouco como era, a imitação era no mínimo horrível.

- Foi mal por quê? Eu adoro os Incríveis! - Ele respondeu até mesmo empolgado.

Acha que é a única que vê desenhos, Megan?

Qual é!

Todo acadêmico de direito é nerd, é uma qualidade sine qua non para ser um advogado bem sucedido.

Então finalmente o carro para em um semáforo.

E Hvi voltava-se para Megan, a abordando diretamente daquele modo.

Era uma pergunta comum, não era, Megan?

Então ela respondia.

Claramente sem jeito.

E isso parecia só deixá-lo mais sorridente, Megan.

Entende a diferença?

Hope é uma garota linda e estonteante. Qualquer cego poderia lhe dizer isso.

Mas ela é uma vaca. Ponto.

Eu a conheço MUITO bem.

E pra mim ela é o tipo de garota que não me atrai nem um pouco.

Eu gosto de garotas como você.

Com seu jeitinho meigo, "lolita", que adora desenhos animados e não faz ideia do quanto é bonita.

Você é a perfeição, não Hope.

Até sua auto estima, aos olhos de Hvi, era uma grande qualidade.

- Primeiro de tudo: Ignore a Gossip. Você vai ver, com o passar dos anos em Duxhill, que é o mais saudável a se fazer. Quero dizer, normalmente eu passo impune aos olhos dela, afinal sou a ralé KTG... E eu sei o quanto ela é dura com Omegas e ZBZ, mas tenho muitos amigos nas duas casas e, volto a dizer... Ignorar é a melhor coisa. Então, não, eu não sabia nada sobre você até vê-la no quarto de Troy. E Claire... Bem, ela não tem um histórico muito bem na faculdade. Sei de boatos de que ela costuma ser linha dura com as novatas, mas...Se você a conhecer um pouco melhor verá o quanto ela pode ser hipócrita. E segundo, posso te pegar hoje a noite as oito? Conheço um restaurante ótimo e posso conseguir algumas reservas... Fora que garanto que você terá a sensação de estar voando lá. SEM CAPAS! - Ele acrescentava, rindo, logo voltando a movimentar o carro, já que o semáforo ficava verde.
avatar
Hvitserk Freyr

Nacionalidade : Stockholm, SW
Idade : 25
Cargo : Presidente
Humor : Amigável
Mensagens : 35

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Procurando um certo...Troy....

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum