De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Zachary Mateschitz em Seg 20 Jul 2015, 11:12

Zachary corria.

Como sempre.

Afinal, quem tem uma Lamborghini não respeita os limites de velocidade, certo?

No caminho todo, ele não falava quase nada.

Por alguns segundos, achava que Dianna havia até dormido.

Até que o celular tocava.

Em um gesto automático, o atendia pela central multimédia do carro.


- Alô… - Atendia, com certo mal humor.

E logo ouvia aquela mensagem.

Mas que raios era aquilo?

Apenas cerrou os olhos e ouviu, sem tirar os olhos da estrada.

- Mas que…. Merda é essa? - Perguntou em tom de voz baixo, voltando o olhar para a tela de lcd que dava os dados sobre quem havia ligado.

E então, a voz de Dianna o tirava do torpor.

Ele arregalava os olhos.

Era a… Noiva.

Ela tinha “atacado” Dianna.

Por que colocar minha vida e a de Dianna em risco por ela?

Mas… A ligação.

O modo que o cara falava.

Alguém tinha entrado na floresta.

E estava sendo caçado pelo tal Bruce.

Inocente.

E a Veneno… É um dos superesportivos mais seguros que existia.

Naqueles milésimos de segundos, tudo isso, incrivelmente passava por sua cabeça.

Por isso… Em vez de atropelar, simplesmente deu uma guinada pro lado pra desviar dela… E torceu para que Dianna não se machucasse muito.

Zachary Mateschitz

Nacionalidade : New York, EUA
Idade : 24
Cargo : Calouro
Humor : Incógnita
Mensagens : 375

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Duxhill University em Seg 20 Jul 2015, 22:16

Tudo acontece muito rápido...

Zachary você vê sua “noiva” em meio a pista, e era como se ela quisesse bloquear sua passagem. E os gritos de Diana a seu lado, parecem confirmam que não importa onde você esteja.
Tem algo na pista!


Você por um momento vê um filme em sua mente e pondera todas as possibilidades. E diante de tudo que se apresenta, sua decisão é firme Z. Você segurou com mais força o volante, e logo vira o carro pro lado.


Poderia ser uma boa manobra, se a velocidade não fosse tanta, e por melhor motorista que você fosse Z. O carro passava pela proteção, e não perdia impacto, logo ele começava a descer um barranco, muito íngreme. Que faz com que ao final, o impacto faça a frente do carro, apoiar-se ao chão, e logo ele girava, e agora começava a capotar, uma, duas, três. E você se vê em meio a uma floresta agora, o cenário muda drasticamente pra você.


E você pode gritar você pode gritar muito alto, mas a voz de Diana você simplesmente não ouve em nenhum momento. Diferente, você começa agora a ouvir um coro de choro, choro de garotas, todas chorando numa mesma sintonia, como se regesse a orquestra que contasse a história do que estava por vir...


Barranco:
Aqui Z

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill University
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 162
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2366

http://theotherside.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Diana Grayssom em Ter 21 Jul 2015, 21:01

Vamos voltar alguns minutos...
 
Diana tentava falar ao celular com Valentina, já que ela havia ligado, e aquela maldita estática. Era quando via aquilo na pista...Os olhos se abriam mais, e ela gesticulava para Zachary parar.
 
- Zachary...Olha!
 
Mas o rapaz, parecia nem sequer responder, ele somente dirigia e mantinha os olhos a pista, mas estavam estranhos, atônitos, era como se ele estivesse em transe. A ligação caia, e Diana apontava.
 
- Zachary, tem um cedro!
 
Sim havia um obstáculo na pista e Z apenas seguia, como se nem sequer a ouvisse, então ela fez a única coisa que podia fazer para que não ocorrer um acidente, ela estendeu ambas as mãos e tocou as de Zachary, buscando desviar do cedro, mas ele simplesmente jogava o volante pro lado, quase antecedendo, e logo eles passavam pela proteção da pista, e o carro ela projetado ao precipício.
 
O mesmo descia a trancos, e logo batia diretamente a frente dele após um pequeno salto ao barranco, o que já acionava os airbags, fazendo o corpo de ambos bater violentamente ali, e desafiar a gravidade, enquanto o carro era jogado, capotando, uma, duas, três vezes, até para a beira de um novo preicipcio.
 
A traseira do veiculo ficava pendurada, e então Diana, abria os olhos, e os piscava constantemente, o gosto ferroso do sangue aos lábios, a fazia morde-los com força, os olhos doíam para abrir, os cortes ao rosto, a faziam gemer, e logo o coração dela bateu mais forte, enquanto as mãos estendiam-se para o lado.
 
- Zachary....
 
Ela afastou o airbag do corpo dela, e logo notou que estavam com o carro de cabeça pra baixo, capotado, ela tocou o cinto, e o corpo caiu contra o teto, ela ficou meio que estirado ao mesmo, e rastejou o corpo até o airg bag, que cobria por completo Zachary.
 

- Zachary!
 
Ela estendeu as mãos afastando o air bag, e as mãos já podiam notar o sangue ali.
 

- Zachary! Zachary!
 
Ela gritava agora, enquanto puxava aquilo, tentando ve-lo, via a forma como havia sangue pelo rosto dele, e a cabeça, ele parecia ter batido a mesma, e estar inconsciente. Ou pior...
 
Ela tocou o cinto dele e o soltou, e puxando-o deu um jeito de deita-lo ao teto do carro, deixando a cabeça dele voltada pra cima, afastando tudo a volta para deixar ele o mais livre possível. As mãos ficavam ao rosto dele, e os olhos arregalados o encaravam. Ela só enxergava bem de perto, o óculos estava partido ao lado deles.
 
- Zachary...
 
Dizia enquanto  cerrava os olhos, e logo começava os procedimentos, que só conhecia por leituras e cursos estúpidos, massagem cardíaca. E então aproximava os lábios dos dele, e tentava jogar ar aos pulmões dele, enquanto a respiração dele era mínima, assim como o pulso.
 
- Acorda!....
 
Quando os procedimentos davam lugar ao desespero, ela virava um rapa forte ao rosto dele.
 

- Acorda! Seu desgraçado!
 
Dizia enquanto as lagrimas teimavam em escorrer pelo seu rosto, e então algo além daquilo a tomou...
 
O cheiro....
 
Gasolina.....
 
Diana suspirou fundo, e logo ela notou que tinha que sair dali o quanto antes, ao mesmo tempo que tinha que manter Zachary respirando.
 
Ela então virou o corpo como podia, e tentou chutar o vidro, com aquela sapatilhas delicada?....
 
Não ia dar muito certo....
 
Virou-se novamente pra Zachary, apanhando o rosto dele, e sacudiu o mesmo, e logo aproximou novamente a face da dele, e tocou os lábios aos dele, e não mais soprava o ar pra ele, estava simplesmente deslizando os lábios aos dele, estava beijando ele....
 
Mas não era uma despedida...
 
Era exatamente a força que precisava para ter esperança. Porque ela ainda podia sentir o pulso dele, assim que a mão o tocou.
 
E então Diana puxou a cabeça de Zachy a seu colo, e ficava torta em meio ao carro, em meio aos pedaços dele jogados por todos os lados, e simplesmente estava presa naquela maldito carro de carregar e MATAR VADIAS.
 
- Socorro...!

 
O que mais restava?...

Diana Grayssom

Nacionalidade : Boston, US
Idade : 25
Cargo : Nenhum.
Humor : Misterio.
Mensagens : 210

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Hope Mitchell em Qua 22 Jul 2015, 10:46

Jeff piscava fundo a estrada enquanto ia ouvindo Ethan. Ele explicava o que havia acontecido com Aaron e Zachy, e que Zachy também via uma das noivas assim como Randy;
 
E ele expicava o que havia acontecido, sobre Jhonas Forrest, o mapa. E uma ex namorada de Zachy que surgia no meio daquela historia toda, e que eles tinham conseguido um endereço que estava no nome de algum membro da família Forrest.
 
E agora Aaron sabia o seu papel naquela história, ele era representado por Jhonas, um dos antigos assassinos, e por isto que Zachy o havia atingido e agora ele estava no hospital, e o doido do Zachy tinha voltado na casa.
 
Jeff ouviu a pergunta dele e o encarou de canto de olhos.
 
- Depende...do que está em jogo cara, e não estamos aqui pra criticar o que ele fez, vamos acha-los, trazer eles de volta e ter a conversa que precisamos com todos. Pra isto estamos aqui...
 
Acelerou e o carro já estava próximo a ponte que separava as cidades, a qual Jeff não tinha boas lembranças.
 

- Você acha que a “Vandinha” vai topar?

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 26
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 524

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qua 22 Jul 2015, 11:12

Ethan arqueou de leve uma das sobrancelhas com o comentário de Jeffrey.

Ao contrário do que poderia parecer, o “egocêntrico” doutor realmente entendia o que ele queria dizer. Por sorte, Jeffrey não era inteligente o suficiente para perceber isso. Mas sua empatia podia dizer o quão intrigado Ethan ficou com aquilo.

O que fosse necessário...

Sim.

Ele faria o que fosse necessário.

Só não achava que realmente Zachary precisasse voltar naquela casa. Não logo depois de Aaron ter sido hospitalizado e sem ninguém para cobri-lo. Ninguem que ele diz é o grupo que está envolvido.

Não conhecia Diana pessoalmente para tirar qualquer conclusão.

Mas se era uma “ex “, bom, era pra ter cuidado...Breanna que o diga, né?

Ethan continuou quieto até que Jeffrey lançou aquela pergunta.

Agora um sorriso cretino apareceu nos lábios dele e voltou o olhar para Jeffrey.


- Ela já aceitou, Brant. HAHA...Segundo ela, ela prefere ficar no grupo para não morrer tão cedo e se for útil em algo, ela ficará feliz. O que não é um discurso muito inteligente, porque parece que o nosso grupo só se fode...

Começou a contar nos dedos as pessoas que já tinham se fodido. Seria uma cena cômica se não fosse tão trágico.

- Então. Ela vai sim...Ela vai adorar. 

É uma boa ideia usar a ex para os seus problemas, mas não quando sua vida depende diretamente disso, né?


- Mas você acha que essa ideia ainda vai vingar? Sua namorada parece bem irritada com essa possibilidade. Talvez possamos pensar em outra coisa, sei lá. 

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qua 22 Jul 2015, 12:41

Jason acelerava a moto como um louco. O vidro do capacete estava rachado por conta do arremesso, então ele manteve o visor erguido e colocou um par de óculos escuros. Estava com o auricular do iPhone e logo chegou a mensagem da localização que Ethan havia enviado. Ele parou rapidamente e olhou... Deviam faltar ainda alguns kilômetros, então Jason acelerou mais ainda, usando boa parte do que a Hayabusa era capaz de dar. O velocímetro marcava acima de 150km por hora, mas Jason era um profissional do motociclismo... 150 para ele era como 60 para os outros. Fazia as curvas deitando e raspando a joelheira da Mormaii no asflato, em alguns pontos, quase fazendo faísca pelos rebites de metal. Então, o auricular falou com aquela voz suave.

EM... DUZENTOS... METROS... VOCÊ... CHEGOU... AO... DESTINO.

Ele foi reduzindo a velocidade da moto, até parar. Há poucos metros ele podia ver... marcas de derrapagem, indo em direção à um barranco! Olhou para o barranco e viu árvores quebradas, folhas secas esparramadas por todo o lugar e pedaços de metal que deveriam pertencer à uma Lamburghini.

Jason: Merda! ZACH!!! ZAAAAAACH!!!!!!

Jason correu até a moto e a encostou de uma forma que ficasse à vista para quem estivesse vindo da estrada, mas NÃO a deixou no meio da rua. Ligou todo o tipo de luminoso que a moto tinha, como o pisca alerta e os faróis.

Correu pelo barranco, deslizando e seguindo a pista da capotagem. De longe, ele podia ouvir os gritos de uma garota. Ela gritava por socorro. Jason correu mais rápido ainda, avistando uma Lamburghini... e os gritos vinham de dentro.
Jason correu mais rápido ainda, derrapando e ficando meio que deitado ao lado do carro para conseguir conversar com quem quer que estivesse lá dentro. Havia uma menina loira, muito bonita e, Zach! Ambos machucados e Zach parecia não se mexer.

Jason: Zach! Pode me ouvir? É o Jay!

Ele olhou para a garota.

Jason: Escuta! Tá me ouvindo? Eu vou acionar o sistema de segurança pra abrir as portas, ok? Não se preocupe, vou tirar vocês daí. Qual o seu nome?

Dizia tentando acalmar a garota.

Jason: Ok... (dizia o nome dela se ela tivesse dito) eu sou Jason. Amigo do Zach! Preciso que você confie em mim e me ajude, ok?

Aquele cheiro não enganava... GASOLINA! O carro estava com vazamento e, qualquer faísca, iria incendiar tudo ali. Morreriam carbonizados se uma fagulha caísse nos vazamentos. A gasolina de carros esportivos era muito pior do que a dos convencionais... era feito pra queimar mais rápido e render mais. Nicky Lauda que o dissesse...

Jason: Escuta, (dizia o nome se soubesse)... O carro tá vazando muita gasolina! Preciso que você procure embaixo do banco do motorista o extintor de incêndio à espuma. Deve ter um por aí. Os médicos já estão a caminho, mas eu não posso mover o Zach. Eu preciso neutralizar a gasolina antes, você me entende? Pega o extintor que vou abrir as portas!

Foi até o lado dela e abriu a portinhola da alavanca do sistema de segurança. Os rebites das portas saltaram e Jason foi até a porta da garota, fazendo força e abrindo-a. Então, ele se deitou, meio que colocando parte do corpo para dentro do carro e abraçando a garota.

Jason: Fica calma! Vou tirar você daí! Vem...

Abraçou ela para conseguir puxá-la de lá.

A menina estava toda suja de sangue, com roupa rasgada... o frangalho. Jason tirou logo a jaqueta preta e colocou em volta dela, fazendo tudo isso rápido. Não tinha tempo a perder.

Jason: Pega. Vai te aquecer. Cadê o extintor?

Se conseguisse o extintor, iria usá-lo pra melar a gasolina e isolá-la... senão... iria se abaixar e entrar para procurá-lo. Não moveria Zach... ele podia ter quebrado o pescoço ou algo assim... esperaria Ethan, pois Jason entendia menos do que nada de primeiros socorros...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Diana Grayssom em Qua 22 Jul 2015, 13:29

Diana mantinha a cabeça de Zachy a seu colo, e logo os gritos o chamando a fizeram ficar em alerta, ela virou o rosto o tanto que podia tentando ver algo.
 
Não demorou havia um garoto em volta do carro que conhecia Zachy, Diana só via a imagem embaçada, então não poderia reconhecer o garoto vitima da Gossip, Diana virou o rosto na direção do vidro e o encarou, ele perguntava se ela estava ouvindo ele, e ela sacudia a cabeça em positivo, ele dizia que ia acionar uma espécie de sistema de segurança.
 
Diana apontava para Zachy com a cabeça ao colo dela, e dizia em tom alto para Jay ouvir.
 
- Ele precisa de cuidados médicos, chama a ambulância, não encontro nossos celulares!!!!
 
E ele perguntava o nome dela, ela aproximava um pouco o rosto do vidro, se ele não ouvisse podia ler nos lábios.
 
- “Diana”!
 
E então Jason dizia que era amigo de Zach e pedia que ela confiasse nele, ela sacudia a cabeça em positivo, como quem acatava. E ele dizia que o carro estava vazando muita gasolina, que ela devia procurar o extintor embaixo do banco, ou seja, no chão do carro, que agora é o teto.
 
Ela logo esticou o corpo como podia, erguendo as mãos ao alto, e buscando o extintor, e viu quando ele acionou o sistema, e a porta logo cedeu do carro, e no momento que ele deitou e estendeu as mãos para pega-la, Diana, logo encolheu o corpo, e pequeno e delicado como era, escorregaria fácil das mãos dele.
 
- Não! Leva ele primeiro...
 
Ela dizia em tom sério, apontando Zachy desmaiado ali, enquanto a mão já envolvia o extintor, e ela esticando-se toda o pegava. A esta altura Jay já devia ter tirado Zachy e estendido ao lado do carro, e era quando Diana, já tinha o extintor em mãos, mas ainda não havia saído do carro, esperaria Zachy sair primeiro.
 

Ta ouvindo Jay, o som do carro balançando ? O que vai ser primeiro? O fogo ou ele despencando no precipício?....

Diana Grayssom

Nacionalidade : Boston, US
Idade : 25
Cargo : Nenhum.
Humor : Misterio.
Mensagens : 210

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Hope Mitchell em Qua 22 Jul 2015, 13:36

Jeff acelerava ainda mais, enquanto Ethan dizia que Bree já havia topado. Que ela preferia ficar no grupo a morrer tão cedo, e ele dizia sobre o grupo somente se ferrar, Jeff o fitou de canto de olhos, fazendo aquelas contas.
 
- Porque por enquanto só estamos levando, por isto quero fazer o lance com o Malfoy, tá na hora de começar a bater!
 
E ele dizia que a menina iria adorar, Jeff arqueou a sobrancelha e logo sacudiu a cabeça em negativo.
 
- Tenho a impressão que ela faria qualquer coisa que você pedisse...
 
Ele falava da ideia, e sobre Louise não aprovar. E Jeff de imediato o iterrompia.
 
- Ela vai ter que entender, eu não vou arriscar, não vou mais ficar esperando as coisas caírem do céu, ou mais alguém dar uma de louco para conseguirmos migalhas. Vai dar certo e nós vamos até o fim, e a Lou vai entender, porque ela no fundo sabe que todos estamos em risco e...
 
Jeff parava assim que via as marcas de pneus da pista, ele virava o volante do carro, dando um cavalo de pau com o mesmo, de modo a estaciona-lo quase atrás da moto de Jason.
 
- Jason já está aqui...O carro foi pro barranco...
 
Ele dizia e já saia do carro, correndo na direção do barranco, parava a beirada do mesmo, unia as mãos ao lado dos lábios e logo gritava.
 

- Jason!!!

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 26
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 524

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qua 22 Jul 2015, 13:58

- Se eu disser “eu também acho” seria muito escroto de minha parte, mas bah...Quem eu quero enganar? Eu também acho.

E por isso mesmo, Ethan tentava usar com moderação. No entanto, se ele visse uma oportunidade de ouro, ele a abraçaria até o fim e nem teria pena de olhar para trás e ver o que sobrou dela.

Mas...

É a vida.

Todos são bem grandinhos para escolherem o que querem fazer com ela e as decisões que vão tomar.

Logo ele perguntava sobre o plano e Louise. Ethan olhou para Jeffrey e meneou positivamente, concordando com as palavras dele.


- É. As pessoas não gostam de admitir que, às vezes, nossas atitudes não serão boas ou louváveis. Serão necessárias.

Cerrou os olhos.

- Ninguém é 100% bom ou mau nessa vida, Jeffrey. E para sobreviver nessa história, você tem que ser bom e mau ao mesmo tempo. Até porque, a luz não afasta as trevas, sabe? Eu tenho a impressão que atrai ainda mais. A diferença uma questão de “quem tem mais força”.

Deu de ombros.

Muita filosofia para um cérebro de ameba. Deixa pra lá!!!

Jeff começou a ver as marcas dos pneus e os dois saíram do carro. Coube à Ethan pegar os equipamentos que Jeffrey tinha esquecido de citar. Por isso, ele correu, chegando um pouco depois.

- Céus, o carro vai despencar! Ajuda ele, Brant!!! Eu vou cuidar do Zachary...

Que já estava do lado de fora. Correu ate o rapaz, ajoelhando-se ao lado dele e começando com os procedimentos. Procurou pelos ferimentos, testou alguns reflexos, sentiu o pulso e fez os primeiros socorros necessários antes que saíssem dali.

O ideal seria uma ambulância equipada, até por conta da batida que ele levou na cabeça. Não queriam chamar a atenção, mas...

- Vou ligar para o HU...


Pegou o celular.

Ninguém é 100% egoista.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qua 22 Jul 2015, 14:43

Diana era o nome dela. Ótimo! Se acontecer algo com ela, ao menos eu saberei o nome... o que me torna mais próximo dela. NÃO! Afastar estes pensamentos é essencial para o sucesso dessa empreitada. Ninguém vai morrer! Já chega de desapontar e falhar com os outros.
A garota pedia que ele tirasse antes Zach... Jason pensou em argumentar, afinal... os médicos sempre diziam que não se deve mover os feridos até que o socorro chegue, mas... não dava tempo de argumentar.

Jason era forte como um touro. Ele passou os braços de Zach por baixo dos seus e foi puxando-o com força e velocidade, como um soldado rastejando de ré. Tirou Zach e só meio que largou o corpo do amigo ao lado do carro, nem se levantando e já escorregando para dentro do carro.

Ouviu os gritos de Jeff ao longe. Ainda entrando no carro, ele apenas virou a cabeça.

Jason: JEEEEEEF! AQUI!!!!

Ele olhou para Diana e sorriu, tentando acalmá-la.

Jason: Pronto! O socorro chegou. Ethan está conosco e trouxe equipamento médico. Zach vai ficar bem. Abrace-se em volta do meu pescoço que eu te puxo daí e....

VRRRRROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOUUUUUUUUUUUUUUUMMMMMMMMMM!!!

Jason olhou assustado para cima - onde agora era o piso do carro. Sentiu a tremedeira! Encarou os olhos de Diana com uma cara de FUDEU!
Da maneira que ele conseguiu, ele abraçou Diana, passando os braços por baixo das axilas dela, deixando apenas os pés para fora, até a altura dos joelhos, encostados na terra meio molhada daquele bosque. COnferiu rapidamente com os olhos se não havia nada prendendo a menina, como o cinto, ou a bolsa dela presa no câmbio... Se tivesse, ele soltaria.

Jason: Ah, puta merda...! Segura! O carro vai despencar!!! Não me solte! Eu não vou te largar! Aconteça o que acontecer... NÃO ME SOLTE!

Gritou para Jeff.

Jason: O carro vai cair, Jeff! Segura as minhas pernas e me puxa! Eu tô segurando a Diana!

TODOS AQUELES TURNOS MALHANDO, JAY? TERIAM DE VALER A PENA!

E DANE-SE O FOGO.... ELE NÃO SERIA PIOR DO QUE UMA QUEDA DENTRO DE UM CARRO!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Diana Grayssom em Qua 22 Jul 2015, 15:32

Não adiantaria argumentar com ela, os olhos azuis dela deixaram claro, que ele teria que tirar Zachy primeiro, era obvio que ela sabia que não deviam mexer nele, mas aquele carro ou ia cair, ou pegar fogo, tirar ele depois dela, estava fora de cogitação.
 
Por isto, ela ajudou ele a apanhar Zachy, e ficou ali, observando ele retirar o rapaz, alguém ao longe, e Jason parecia conhecer, chamava por mais ajuda, e logo os olhos do rapaz estavam aos delas, Diana era uma garota impar, e sim o corpo denotava delicada, fragilidade, tinha aquele rosto de anjo maculado pelo sangue e os ferimentos, mas os olhos, eram firmes, fixos. De alguém que tem um único medo diante daquela situação.
 
Então quando você voltar a olha-la, vai ver que apesar de ofegante, ela ainda tenta manter a calma, com os braços em torno do extintor que ele havia pedido. Ele dizia que o socorro havia chegado, que tinham equipamentos médicos, e dizia o que ela queria ouvir. “Zachy ficaria bem!”, e ele pedia para ela abraça-lo, que ele ia puxar la dali, ela estava meio agachada ao carro, e logo estendeu o corpo na direção do dele, e envolveu um dos braços em volta do pescoço, dele apoiando a mão ao ombro dele, segurando ali com força, enquanto o outro braço ainda envolvia o extintor. Logo ele puxava ela para fora do carro, quase no momento que o mesmo tremia, o corpo dela deslizava com facilidade, mas o de Jason era grande e forte, por isto ele iria ter que fazer força e movimentos extras, para conseguir tira-los dali, e o carro pendendo mais pra baixo não ajudava.
 
E ele dizia que não iria solta-la, ela voltava os olhos mais abertos aos dele, e murmurava com certa calma.
 
- Eu sei...
 
Ela sabia Jay, acreditava, você não precisava se desesperar. O carro já ia despencar, quando Jason pode sentir mãos firmes envolvendo as canelas dele, e logo o puxão era extremo, e o corpo dele e o da garota saiam, no mesmo momento que o carro despencava lá embaixo.
 

Dada a força que Jeffrey fez o impacto até o jogou pra trás, Jason também cairia em meio a lama, e Diana sobre ele, ainda abraçando aquele extintor, que ela não largou desde que ele pediu, mesmo sendo inútil, a mente não trabalha como deve em situações como aquela.

Diana Grayssom

Nacionalidade : Boston, US
Idade : 25
Cargo : Nenhum.
Humor : Misterio.
Mensagens : 210

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Hope Mitchell em Qua 22 Jul 2015, 15:42

Jeff tombava o rosto de leve, e consentia em positivo.
 
- Eu to cansado, Ethan...De ficar parado enquanto as pessoas que me importo se ferram....Sabe...quando foi a Sellena, eu não pude fazer nada, era carta marcada, uma doença, você só pode rezar, ter esperança, pedir por mais tempo...
 
Ele encolheu os ombros e suspirou.
 
- Mas desde que cheguei aqui, só me deparo com gente que eu gosto se ferrando, enquanto ficamos acuados e assustados, esperando o próximo sinal para evitar outra desgraça. Porra a Barbara...tudo que ela passou, ela não falou nada pra ninguém, aguentou sozinha, e no final...Onde ela ta....Meu irmão preso....
 
Ela apertava com força as mãos ao volante, e mordia com força o lábio inferior, contendo a raiva.
 
- A Natalhie...A Pandora, Aaron...agora Zachary, caralho..quem é o próximo? Vamos ficar esperando? Vou ficar rezando pra não ser a Louise?...Desta vez eu posso fazer algo e eu vou. Aquele cara sabe de algo, e está na hora de falar!
 
Ethan falava que nem todas as atitudes necessárias são louváveis e Jeff concordava. E ele dizia que eles teriam que ser bom e maus ao mesmo tempo, e que nem toda luz afasta as trevas, as vezes atrai.
 
- As Ethan...você tem que se tornar parte da merda toda, se quiser se livrar dela. Não o quanto você consegue ficar longe, é o quanto você consegue ficar perto, mas não deixar isto te definir pra sempre...E nisto consiste a força que vamos ter que ter....Em saber sair desta merda toda, depois que ela acabar....Isto me preocupa Ethan...como vamos ficar....
 
E então ele via aquelas marcas, e logo carro já virava e estacionava em meio ao cavalo de pau, Jeffrey saia do carro e já ia pra beirada do penhasco, mal chamou, Jason gritou de volta, e Jeff já podia ver o carro. Ethan dizia que o carro ia despencar, e ele nem precisou pedir, Jeff já ia até Jason.
 
Jason parecia tentar tirar mais alguém de la, devia ser a tal ex do Zach, o carro virava e tombava e Jeff de imediato envolveu as canelas de Jay com as mãos, e o puxou com toda a força pra fora, até caindo ao chão, fazendo isto, logo Jay saia com a garota, e o carro despencava.
 
Dava para ouvir o som da explosão la embaixo.
 
- Puta que pariu.....
 

Jeff dizia sentado em meio a lama, com os olhos voltados ao precipício...Segundos que chegassem depois...já era....

_________________

Do not take me seriously, take me home ...


Hope ...
avatar
Hope Mitchell

Nacionalidade : NY, EUA
Idade : 26
Cargo : Nenhum
Humor : Hot
Mensagens : 524

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Maxwell Ross em Qua 22 Jul 2015, 16:04

Sean dirigia o mais rápido possível.

A sirene abria caminho com facilidade entre os carros, mesmo na rodovia… Não tinha nenhum carro que incomodasse, ficando no caminho.

Conforme dirigia, mantinha-se atento a Lissandra.

Era parecia ter se recomposto, mais calma…

Mais calma não, mais concentrada.

Essa era a verdade.

A preocupação com a irmã suplementava o desespero que ela sentia.

Logo, passou pelo carro de Ethan e a moto de Jason, parados no acostamento.

Os olhos atentos já rapidamente pegaram as marcas de frenagem.

“Ela está no caminho até Boston”

Antes que Lissandra falasse algo, ele já parava o carro e abria a porta – Fique aqui… - Dizia, mesmo sabendo que era inútil.

Seguia a marca de frenagem, e o buraco que o carro havia feito.

Aliás, havia pedaços do carro por todos os lados.

Ao longe, os que estavam na cena do acidente poderiam ouvir a sirene do carro de Sean.

Conforme foi descendo, sacou o radio do bolso da calça.

Logo via Zachary e Dianna ao chão, mas nem sinal do carro – Oficial Memphys requisitando resgate médico urgente, além de uma equipe de bombeiros...Na rodovia… - E dizia rapidamente o nome e o quilômetro o qual haviam parado, além de descrever fisicamente Zachary e Dianna.

E Dianna, assim que bateu os olhos nela… Sentiu alívio.

Primeiro porque sabia que ela era a irmã de Lissandra, afinal… Eram gêmeas.

E segundo por ver ela bem, sabia que se algo acontecesse a ela, Lissandra ficaria devastada.

- Dianna? - Ele perguntava, mais para chamar a atenção dela do que qualquer outra coisa – Sua irmã está comigo… - Ia perguntar e tentar socorrer Zachary, mas Ethan já estava debruçado sobre ele, e parecia saber o que fazer.

Avisaria  Lissandra, mas sabia que em poucos segundos, ela estaria atrás dele, ignorando o pedido para que ficasse ali.

_________________
I told you I was trouble      
You know that I'm no good
        
avatar
Maxwell Ross

Nacionalidade : New York, USA
Idade : 25
Cargo : Calouro
Humor : Qual você prefere?
Mensagens : 175

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qua 22 Jul 2015, 18:17

Lissandra seguiu as instruções de Sean e pegou a sirene para que eles conseguissem ir o mais rápido possível, abrindo todos os caminhos possíveis.

Sim, a jovem tinha voltado ao seu “normal”.

Os olhos estavam concentrados, voltados sempre para a frente. Controlando a expressão, ministrando a dor, tentando convertê-la em algo...prazeroso.

Um suspiro escapou de leve dos lábios dela, mas foi tão rápido que nem pareceu que aconteceu. Ela estava com a expressão seria de novo, os lábios muito bem fechados – e o vermelho ainda presente, impecável e convidativo. O único momento que a cor não combinou foi quando ela revelou sua fragilidade. O vermelho era quase como uma mácula. Mas não agora. Agora era a Lissandra que o Sr. Memphys conhecia.

E por conhece-la tão bem, Sean sabia que ela não ficaria dentro daquele carro.

Não demorou nem trinta segundos, Lyssa foi logo atrás.

Até porque...

Não era uma boa ideia deixar mulheres sozinhas diante de todos os fatos bizarros que aconteciam. Mesmo que ela estivesse ferida, era melhor estar sob a vista dele.

Lyssa não pensou nisso, só pensava em encontrar sua irmã.

Os passos a levaram até lá. Novamente descalça, sem se importar o inchaço dos pés – que doíam MESMO, mas algumas dores eram piores do que outras e parar para chorar não adiantaria de nada.

Até que ela viu sua irmã na lama, segurada por dois rapazes.

Não havia mais um carro.

Zachary estava desacordado, sendo atendido por um rapaz.

- Diana!!


Lyssa a chamou. Logo a irmã se aproximou.

Não estava impecável como antes: sem os sapatos, ambos os joelhos rasgados, pé inchado, o cabelo saindo do coque.

Mas estava ali.

Correu até sua irmã e esperou que Diana a reconhecesse.

Observou se ela estava bem, se estava ferida e então...

Elas finalmente se abraçavam.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qua 22 Jul 2015, 18:29

Ok, pode anunciar o diluvio.

Era a primeira vez que Ethan e Jeffrey conseguiam conversar à sério, sem trocar nenhum tipo de farpa. Pelo contrário, eles chegavam a CONCORDAR um com o outro. Nem em mil anos, Ethan podia apostar que isso aconteceria um dia.

E bom...

Diante desse fato, ele achava que deveria contar uma coisa ou duas para Brant.

Mas não agora.

Eles tinham tempo e tinham outras preocupações, no momento. Além disso, se Malfoy conseguisse soltar antes – se o plano deles desse certo, Ethan não precisaria falar que mentiu/omitiu e poderia continuar contando com a colaboração de Brant.

Enfim, vamos focar na emergência.

Ethan estava realizando os primeiros socorros em Zachary e logo chamava por uma ambulância.

Foi nesse instante que Jason e Jeffrey agiram em equipe e tiraram a moça do carro antes de...Sei lá quantos milhões de dólares se perderem no precipício.

Chamou por uma ambulância, mas logo viu que viraria caso de policia também.

Falando nisso...

Um rapaz se aproximava.

Ethan não o conhecia, mas ouviu que ele era um oficial e falava com Diana.

Hm.

Deixou Zachary estável e confortável e logo falou.


- Jeffrey, Jason, vocês estão bem? Como está a senhorita?

Perguntou por alto.

- Chamei uma ambulância, preciso que alguém fique na estrada, não posso mover o Zachary daqui.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qua 22 Jul 2015, 20:14

Jeff puxou Jay com toda a força, fazendo com que ele e Diana fossem dragados do carro, enquanto aquele deslizava na direção contrária, caindo no barranco. Jason caía na lama, com Diana sobre ele, ainda segurando o extintor.

CARAMBA! ESSA FOI A SEGUNDA VEZ QUE EU ME ENFIEI NUMA LOUCURA PRA SALVAR UMA GAROTA QUE EU NÃO CONHEÇO! ISSO NÃO PODE VIRAR UM HÁBITO...

Diana estava sobre ele e ele apenas olhou para ela antes de se levantarem.

Jason: Tá tudo bem contigo?

Então, Ethan perguntou se estava tudo bem com a garota, enquanto ele estabilizava Zach.

Jason: Parece que sim, Ethan. E o Zach? Como está?

Foi então um um outro louco apareceu correndo e gritando, chamando por Diana. Disse que sua irmã estava com ele e logo uma outra garota, igual à Diana apareceu e ambas se abraçaram. Estava na cara de que eram gêmeas.

Jason aproximou-se de Diana, que estava com a roupa meio malamanhada depois do acidente e de ter sido arrastada por escombros. Tentou ser simpático e confortar um pouco a garota que, apesar de parecer ser uma pessoa bem calma, ninguém é 100% de ferro, ainda mais depois de um acidente. Ele tirou a jaqueta de couro preta, ficando apenas com a cmaiseta negra gola "V" e colocou a jaqueta sobre os ombros de Diana, quando a mesma terminou de abraçar com a irmã.

Jason: Já está escurecendo e aqui vai começar a fazer um frio do caramba. Melhor você se agasalhar. Parece que o Zach vai ficar bem. Tem uma ambulância a caminho, pelo visto.

Não esperava agradecimentos nem nada do tipo. Apenas queria fazer as coisas certas e se afastou, chegando junto de Jeff, enquanto Ethan ainda fazia os cuidados em Zach.

Jason: Olha, sem querer ser pessimista... Primeiro a Gillian e o rapaz. Depois, Nathalie e Edge. Agora, Zach e Diana...

CAPTOU O QUE EU TÔ DIZENDO?

Jason: Coincidência? Queria acreditar que sim. Talvez seja a hora de você e Louise começarem a pegar ônibus ou então você arrumar uma moto. Carros com casais dentro não parecem ser muito... populares em Duxhill.

ACHA QUE JAY ESTÁ DE PIADA?

ELE NÃO ESTÁ!

É SÉRIO!

3 ACIDENTES DE CARRO COM 3 CASAIS, JEFF!

PARE DE DAR BOLA PRO AZAR, CARA!

TECNICAMENTE, VOCÊ E LOUISE; E HENRY E OLIVIA SÃO OS ÚNICOS CASAIS RESTANTES QUE AINDA ZANZAM POR AÍ DE CARRO!

Jason foi até Sean e estendeu a mão pra ele.

Jason: Jason Traillblazer. O carro e a moto que você viu na estrada marcando o local são nossos. Me responde uma coisa, por favor... como você chegou aqui tão rápido e com a irmã de Diana, cara? Cês já tavam cientes do acidente?

CHAME DE PARANÓIA... CHAME DO QUE QUISER.

JASON ESTAVA APRENDENDO A NÃO DAR BOLA PARA O AZAR.

E A MELHOR FORMA DE FAZER ISSO, ERA PERGUNTANDO PARA EVITAR SURPRESAS...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Diana Grayssom em Qui 23 Jul 2015, 14:43

iana era puxada para fora do carro, e caia sobre Jason, ela ficava um pouco sem reação, mas logo se erguia de cima dele, deixando o corpo cair sentada ao lado dele, largava o extintor, e virava o rosto assustada, enquanto o carro desabava precipício abaixo.
 
E então a voz de Jason, fazia com que ela “voltasse”, os olhos piscaram constantemente e logo ela voltou o rosto a ela.
 
- Está sim...E o Zach?
 
Respondia quase ao mesmo tempo que Ethan perguntava, e então ela ouvia seu nome. Ela ergue-se finalmente e os olhos azuis encaram o rapaz ao longe, mas não conseguiria identifica-lo, pois estava sem o óculos, enxergava pouca coisa.
 
Mas ele dizia uma frase quase mágica: Sua irmã está comigo....
 
Diana de imediato começou a caminha na direção que ouvia a voz do rapaz, e procurar sua irmã.
 
- Lyssa!
 
E ela ouvia o nome dela e logo corria na direção da irmã, parou a frente dela, e a fitou nos olhos longos instantes. E logo os braços envolveram o da irmã e um abraço apertado, aliviado.
 
- Está tudo bem agora....
 
Foi quando sentiu a jaqueta de Jason cair a seus ombros, ela tocou a mesma com as mãos a segurando ali, e virou-se para o rapaz, agora mais perto, conseguia vê-lo melhor, ela consentiu em positivo e sussurrou.
 
- Obrigada...
 
Ela não demorou a tirar a jaqueta dos ombros, e coloca-los nos da irmã, tocando os ombros dela e apertando de leve.
 
- O que aconteceu com você, Lyssa?...
 
Os olhos preocupados fitavam o da irmã, e logo ela tombou o rosto e viu Ethan que já cuidava de Zach.
 
- Ele está bem?...
 
Porque diabos ele não acorda?
 
E não demoraria todos ouviram o som das sirenes. Diana apesar de não ter nada quebrado, tinha diversas escoriações e pequenos corte pelo corpo, o nariz sangrava um pouco, assim como o cotovelo e joelhos, a roupa havia sido destruída em meio a alma e o acidente, e certamente ela iria precisar de novos óculos.
 
Zach...Você está desmaiado, mas começa a voltar aos poucos, mas não totalmente, e então você começa a ouvir dentro da sua mente....
 

- Jachy...


- Porque você me escolheu, Jachy?...Achei que....



- Que você me amava.....

Diana Grayssom

Nacionalidade : Boston, US
Idade : 25
Cargo : Nenhum.
Humor : Misterio.
Mensagens : 210

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Maxwell Ross em Qui 23 Jul 2015, 15:56

Sean ficava mais ao longe, assistindo as duas irmãs se encontrarem.

Por pior que fosse a situação, era impossível não exibir um pequeno sorriso ao ver a cena.

Logo voltava sua atenção para alguém que vinha cumprimentá-lo.

Não era só o modo que ele havia se identificado que remetiam ao fato dele ser um “oficial”, como também suas roupas.

Ele usava um uniforme do FBI, apesar de sua jaqueta estar com Lissandra, ele vestia uma camisa polo com o brasão da agencia no peito.

- Sean Memphys, prazer em conhecê-lo, Jason… - Ele o cumprimentou com um apertão de mão forte.

Para Jason não era tão forte assim, apenas firme, já que Sean tinha uma compleição física bem modesta, para não dizer, magrelo.

- Eu estava com Lissandra, irmã de Dianna… E ela sabia onde a irmã estava. Repentinamente, ela… Sentiu que havia algo errado – Ele deu de ombros – Dizem que irmãos muito ligados são capazes de sentir quando há algo de errado um com o outro, ainda mais gêmeos. É só olhar para elas que isso se confirma, não? - Apontava com o queixo as duas, abraçadas – Como ela sabia onde a irmã estava, foi só parar para o primeiro acidente que entramos… Graças a Deus você chegaram antes e impediram o pior… - Ele dizia, conforme via a fumaça erguendo-se de onde o veículo havia despencado.

Manteve os olhos por alguns segundos em Zachary, o vendo balbuciar aquelas palavras sem sentido.

Por fim, aproximou-se, com cuidado, de onde o veículo havia caído, na intenção de tentar ver o que havia lá embaixo.

Porém, não parecia estar cortando o assunto, Jason… Ele parecia apenas… Curioso com o ocorrido.

_________________
I told you I was trouble      
You know that I'm no good
        
avatar
Maxwell Ross

Nacionalidade : New York, USA
Idade : 25
Cargo : Calouro
Humor : Qual você prefere?
Mensagens : 175

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qui 23 Jul 2015, 20:07

Não havia mais nada na mente de Lyssa.

Todo o seu mundo estava girando ao redor de sua irmã e nada mais.

Não havia mais Dor. Pesadelos. Passagem Secreta. Acidente. Carro destruído. Não havia nem mesmo Sr. Memphys.

Tudo o que importava era o bem estar de sua irmãzinha.

Lissandra sempre era muito controlada, mas não conseguiu segurar a tremedeira que dominou seu corpo ao se aproximar de Diana. Caminhou, meio que mancando com os pés descalços, protegidos apenas pela meia calça que começava a rasgar ainda mais.

Olhou para a irmã da cabeça aos pés, dos pés à cabeça. Segurou o rosto dela com ambas as mãos. Os lábios rubros tremiam um pouco e o olhar carregava uma mistura de angustia e alivio.


- Você está bem...

Sussurrou.

Não era uma pergunta, ela apenas repetia o que tinha acabado de ouvir da irmã. As duas se abraçaram de modo protetor. Lyssa esfregou as mãos pelas costas da irmã, como se pudesse protege-la de todo mal e fechou os olhos por um momento.


Recebeu a jaqueta de Diana – que havia sido dada por Jason. Mas, além dela já estar com um sobretudo e o casaco do FBI, ela tinha o instinto protetor. Tirou a jaqueta que Diana tinha acabado de entregar a ela e envolveu sua irmã, como se fosse uma boneca de porcelana.

Ouviu a pergunta da irmã e meneou negativamente.

- Não agora. Não está doendo...

Não?!

Olha o tamanho do pé dela! Já dava para ver o quão inchado estava, mas ela não deixou que Diana olhasse para baixo.

- Confie em mim. Teremos tempo para conversar no hospital, inclusive com sua amiga.

Não. Não era Lyssa que procuraria por ajuda médica, seria Diana que veria aqueles ferimentos.

Ethan estava ouvindo tudo e logo se levantou, caminhando um pouco para o lado.


- O Zachary ficará bem, Senhorita... – Disse enquanto ajeitava as luvas. – Os airbags e o cinto o salvaram. A batida na cabeça foi bastante forte, mas creio que foi apenas uma concussão. Os reflexos dele correspondem, mas vamos fazer uma tomografia no hospital, mesmo assim. Tem um ferimento no pescoço por conta do cinto. Já chamei a ambulância do H.U.

Olhou para o oficial Memphys também, com uma das sobrancelhas arqueadas, meio desconfiado.


- E você? Deixe-me ver essas escoriações...E você...Por todos os Santos...

Olhou para a aparência de Lyssa e encarou Memphys.

- Não foi nada, Doutor... – Lyssa disse num tom de voz firme.

Ethan tombou um pouco a cabeça e olhou para Sean.

- Onde vocês estavam? – Encarou o oficial. – Não me diga que ela também trabalha para o FBI, Oficial Memphys. E eu quero saber a verdade. Jason perguntou e vocês não foram totalmente sinceros. Estamos o suficiente na merda para distinguirmos leigos de especialistas no assunto.

Os olhos dele correram para Lyssa, Diana e Sean de novo.

Lyssa cerrou os olhos, mantendo os lábios lacrados.

- Você também está com a Valentina, Senhorita? – Olhou para Diana. – Porque se está com ela, está comigo. E se está comigo, é bom começar a falar o que aconteceu. Estamos com muitas pontas soltas nessa história e qualquer informação pode salvar a todos. E a falta dela pode ser a nossa ruína.


Lyssa engoliu em seco e olhou para Diana. Estava claro que ali, Lyssa era apenas um soldado e a mente estratégica era D.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Duxhill University em Qui 23 Jul 2015, 21:53

Sabe o que dizem?...
 
Que nem tudo que está ruim não pode piorar. Vocês ainda estavam ao penhasco, discutindo o que estava acontecendo ali. As irmãs se abraçando. Diana demonstrando a nítida preocupação com Zachy, que parecia mais vivo do que morto.
 
Ele começava a balbuciar algo e Diana abriu mais os olhos. Quase ao mesmo tempo que Ethan pedia explicações. Diana fez sinal para ele.
 
- Ele está dizendo algo....
 
Ela ajoelhou-se novamente em meio a lama, e aproximou o rosto do dele, virando o mesmo, de modo ao ouvido quase sentir os lábios dele tocando.
 
Ele dizia algo.....
 
Diana ergueu o rosto, ajoelhada ao chão, ainda com a jaqueta de Jason as suas costas, os olhos foram na direção dos da irmã, ela sussurrou então.
 
- Um sonho de outro sonho...
 
Ela deixou os lábios entreabertos e olhou a volta, e o coração dela de repente acelerou, e o de Lyssa faria o mesmos, o rosto de Diana se erguia pra irmã, e neste exato instante, ela lembrava-se que o carro havia caído barranco abaixo e explodido.
 
Vocês não ama a natureza? Ou talvez devem se preocupar porque não ouvem mais os sons da sirena, e uma neblina parecia começar a tomar o chão onde vocês estão. Diana, estende a mão tocando a de Zachy e logo ela grita, mas é um grito tão alto, tão alto, que ele suplanta tudo.
 
- CORRE!
 
E é neste exato instante, que o chão abaixo de vocês começa a tremer, a estrutura do penhasco, simplesmente racha, o som das rachaduras podem ser ouvidos, e mesmo que vocês tentem correr, é tarde demais, vocês são todos, levados pra baixo, os corpos sendo jogados juntos as pedras que são espalhadas devido a forma como o penhasco, se racha e se abra.
 
Diana deitado o corpo sobre o de Zachy, e fechava os olhos com força, em pouco tempo já não sente mais apoio aos cotovelos, ou ao corpo, é quase como se voasse.
 
Sean, Lyssa, Jason, Jeff e Ethan, são arremessados pra baixo com uma força violenta, e logo sentem quando o corpo mergulha na agua, havia um rio lá embaixo e era o que aparava a queda deles.
 
Nem todos tinham a mesma sorte Lyssa, enquanto você era levada pela correnteza junto aos outros, conseguia ver o corpo de sua irmã sobre o de Zachy, jogados em meio a uma pedra, o pescoço dela estava completamente virado, assim como a perna virada pro lado oposto, o pé quase alcançava a mão, do modo como ela se “quebrou”.

Rio:

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill University
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 162
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2366

http://theotherside.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Diana Grayssom em Qui 23 Jul 2015, 22:03

Diana envolvia sua irmã aos braços e dizia que tudo estava bem agora. A irmã repetia a frase, parecendo querer ter certeza, e Diana suspirou fundo, deitando o rosto ao ombro da irmã deixando o mesmo se esconder em meio aos fios dourados dela, apertando o abraço.
 
- Enquanto estivermos juntas, tudo sempre vai estar bem...
 
Dizia muito baixo quase ao ouvido dela, e logo ela afastava o rosto, e Jason colocava a jaqueta nela, ela tirava a mesma e dava para a irmã, sem nem notar que a irmã já estava agasalhada. Lyssa volta a jaqueta a ela, e se deixou envolver, ela logo via o estado da irmã, e questionava, e Lyssa dizia aquilo.
 
- Lyssa, precisamos cuidar de você, com urgência...

 
E ela obviamente queria ver o pé da irmã, mas a irmã impedia, e dizia que elas teriam tempo, no hospital, envolvia Valentina também. Diana sacudia a cabeça em positivo.
 
E então a voz de Ethan chamava sua atenção, era repousa os olhos no rapaz, que a tranquiliza em relação a Zachary.
 
Ethan parecia preocupado em ajudar todos, e também em questionar todos. Inclusive ela.
 
- Sou amiga dela, e se você também é você sabe o que eu e Zachary viemos fazer aqui...E você sabe também do perigo que todos vocês correm...
 
Diana demonstrando a nítida preocupação com Zachy, que parecia mais vivo do que morto.
 
Ele começava a balbuciar algo e Diana abriu mais os olhos. Quase ao mesmo tempo que Ethan pedia explicações. Diana fez sinal para ele.
 
- Ele está dizendo algo....
 
Ela ajoelhou-se novamente em meio a lama, e aproximou o rosto do dele, virando o mesmo, de modo ao ouvido quase sentir os lábios dele tocando.
 
Ele dizia algo.....
 
Diana ergueu o rosto, ajoelhada ao chão, ainda com a jaqueta de Jason as suas costas, os olhos foram na direção dos da irmã, ela sussurrou então.
 
- Um sonho de outro sonho...
 
Ela deixou os lábios entreabertos e olhou a volta, e o coração dela de repente acelerou, e o de Lyssa faria o mesmos, o rosto de Diana se erguia pra irmã, e neste exato instante, ela lembrava-se que o carro havia caído barranco abaixo e explodido.
 
Vocês não ama a natureza? Ou talvez devem se preocupar porque não ouvem mais os sons da sirena, e uma neblina parecia começar a tomar o chão onde vocês estão. Diana, estende a mão tocando a de Zachy e logo ela grita, mas é um grito tão alto, tão alto, que ele suplanta tudo.
 
- CORRE!
 
Diana somente envolveu o corpo de Zachy como pode, e foi tudo muito rapido, ela mal sentiu a morte tomar seu corpo, ou seus ossos serem todos quebrados, seu coração parou no momento que ela despencou.

Diana Grayssom

Nacionalidade : Boston, US
Idade : 25
Cargo : Nenhum.
Humor : Misterio.
Mensagens : 210

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qui 23 Jul 2015, 22:46

O médico ainda estava esperando por respostas.

Ah, as respostas!

Elas que sempre iludiam a mente, distraiam os sentidos e faziam com que você não percebesse o óbvio. O que estava na iminência de acontecer.

Esperava por uma resposta dos três, de qualquer dos três. Percebeu, no entanto, que era Diana quem tinha a maioria das delas.

Amiga de Valentina.

Hm.

Sim, ele sabe o que vocês tinham ido, não o que foram fazer naquele inferno! Por que vocês voltaram sozinhos para a residência dos Forrest? E o que aquele Oficial do FBI e a gêmea má estavam fazendo? Por que estavam feridos?

Tantas perguntas carentes de respostas...

Pareceu levemente satisfeito com as respostas não ditas de Diana, mas eles ainda teriam muito o que conversar.

Se ao menos tivesse tempo para isso.

Ethan virou-se.

E foi no instante que também ouviu o “enigma” de Zachary.

Olhou para as gêmeas.

E percebeu o silencio.


- Estão ouvindo isso...?

Perguntou a Jason e Jeffrey.

Mas antes que pudessem ouvir e sentir a ausência de som, a fumaça subiu. O chão começou a tremer.

E antes que tivessem chance de correr como Diana havia sabiamente determinado.

Não havia para ONDE correr. Tampouco COMO.

Tudo foi perdido na queda. Ethan nem teve tempo de gritar ou coisa do tipo. Simplesmente foi engolindo pela terra, vendo o céu ficar cada vez mais distante. Quase como uma câmera lenta.

Mas ele viu uma coisa...

Ele viu o cinza.

E por um instante, um breve, breve instante, ele gostou de imaginar que cinza estava vendo.

Esboçou um sorriso mesmo no meio do desespero e fechou os olhos.

Entregou-se.

Estava pronto para aquela dor...

Só não estava pronto para tomar um banho d’água fria. Nem sabiam que tinha um rio correndo ali!

Agora que tinha voltado a si, o instinto de sobrevivência começou a falar mais alto. Olhou ao redor, vendo se todos estavam bem. Viu que a gêmea má estava travada, olhando para um ponto fixo.

- EI! NADA!!!

Mas Lyssa simplesmente não respondeu e começou a afundar...afundar...


- EEEEEEEEEEEI!!!!!!!!!!!!!

Gritou, mas engoliu água também.

FODA-SE!!!!!!

- Jason!!! Jeffrey, continuem nadando!!!

Foi a ultima instrução que deu. E agora, sinceramente, era cada um por si. Até quando conseguissem aguentar...

Por quem eles preferissem lutar...

Pelas próprias vidas ou por alguém mais.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qui 23 Jul 2015, 23:04

“Enquanto estivermos juntas, tudo sempre ficará bem”.

A frase que fez com que um pequeno sorriso aparecesse nos lábios de Lissandra. A única verdade que ela conhecia. Meneou positivamente para a sua irmã e acariciou seu ombro de novo.

A reação de Lyssa com as perguntas de Ethan, não foi das melhores. Não gostou da forma como ele tinha sido incisivo, exigindo explicações, como se tivesse poder para tal. Como se fosse mais importante do que qualquer um ali. Claro que ela não negaria as respostas, mas para os ouvidos certos. E, para tal, você precisava aprender a respeitar as pessoas.

No entanto, ela não discutiria com o jovem médico, deixando que sua irmã tomasse a vez.

As gêmeas estavam um pouco mais afastadas de Sean e Jason. Alguns passos, mas que foram determinantes naquele momento.

Lyssa percebeu a movimentação de Zachary e assim que ouviu o comentário da irmã, arregalou os olhos.


- D...

Cade o som das sirenes?

E o cheiro de queimado?

D...

Tudo aconteceu rápido demais.

Lyssa sentiu a queda e logo a água a abraçou de modo mais rigoroso. O excesso de roupas seria um problema a mais, porque estava mais dificil dela se movimentar com um sobretudo fechado e o casaco de Sean por cima.

Some a isto um pé inchado e ferido e as costas em chamas. Lyssa teria que lutar o triplo para conseguir nadar.

Se ela ao menos quisesse nadar...

Seu mundo chegou ao fim no instante que tirou a cabeça d’água e viu o estado de sua irmã. Foi a primeira pessoa que ela 
procurou e quando seus olhos se encontraram com aquela cena...

NÃÃÃÃÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Seus olhos gritaram e seu corpo parou de reagir.

Era como perder toda a esperança. Era como sentir um trator esmagando cada pedaço do seu ser.

E não haveria Sean, Ethan, ninguém que conseguiria trazê-la de volta a si.

Porque cada um precisava pensar em si mesmo naquele instante.

Fora que a dor nunca foi algo que realmente a incomodou...

Lyssa parou de lutar contra a correnteza. O pé a puxava para baixo, a roupa pesava. A vontade tinha partido.

E a frase ecoou pela mente dela.

“Um sonho dentro de outro sonho...”

- Wake up...

Sussurrou e afundou.

Respirou a água.

Claro que ela teve que lutar contra seus instintos, mas ela já tinha se testado até o limite. Sentia aquela ardência horrível percorrendo suas vias respiratórias. Precisava desesperadamente de ar.


O desespero bateu e quanto mais ela se debatia, mais afundaria.

Mas ela não pediu socorro.

Não temia a morte.

Porque sentia que...

Desde que estivessem juntas, tudo ficaria bem.


Nessa vida ou na próxima.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Convidado em Qui 23 Jul 2015, 23:28

O oficial Memphys parecia ser gente boa... tinha um aperto de mão firme e parecia sincero em suas respostas. Sim, de fato... Ele já tinha ouvido falar que gêmeos podiam sentir coisas especiais um pelo outro.

Jason: É... eu já ouvi histórias assim, oficial. Que bom que ambas estão a salvo.

Jason ainda aguardava a resposta de Jeff sobre o que ele pensava de casais e carros... mesmo assim, ele não tirou a atenção dos outros ali. As gêmeas se abraçavam e Jason pensava em como aquilo era bonito. Ele tinha irmãos de sangue, sim... um irmão mais velho que era militar e tinha 2 anos a mais do que ele, mas, quase nunca se esbarravam... ele frequentou a escola militar desde cedo e, Jason só o viu mesmo no enterro de sua mãe. De qualquer forma, era um sentimento alegre para aquele momento triste...

O problema foi que logo algo aconteceria. Ethan perguntou se eles haviam ouvido "aquilo"... Jason deu de ombros.

Jason: Ouvir o q...?

Então, o ch"ao começou a tremer. O grupo caiu de uma boa altura, mas por sorte, bateram na água. Um rio, com uma correnteza considerável! Naquela situação, Jay e Jeff pareciam os mais aptos a sobreviverem... era quase que uma obrigação ajudar os mais fracos!
Jason olhou para o lado e viu uma das meninas com o pescoço virado! Estava quebrado, com certeza! Apenas corujas viram o pescoço daquela maneira!

Ele procurou rapidamente a outra menina! Não sabia o nome dela, mas se gêmeos sentiam, como Sean Memphys disse, então a hora que ela batesse os olhos naquilo, iria dar merda!

E ela logo viu! Jason viu o desespero nos olhos de Lyssandra... Era como se a vontade de viver tivesse abandonado o seu corpo!

NÃO, LYS! VOCÊ TEM QUE LUTAR!

MERDA! ELA AFUNDOU!!!!

Ethan gritou para que eles nadassem... pelo visto o Doutor acreditava que era cada um por si... de fato, nesta hora a sobrevivência fala mais alto. Claro que fala! Mas Jason não era assim... quantas vezes ele não se arriscava pelos outros? Não fora ele e Jeff quem desejavam que ele passasse a ser útil para o grupo, ou que caísse fora? Esse era ele sendo útil.

Jason mergulhou, nadando no estilo golfinho... o mesmo que usou pra rasgar a água e ganhar de Pandora no Chateau. Quanto mais fundo, menos força a correnteza exerce, pois a água conta apenas com a gravidade e não com o vento. E Jason sabia disso porque era um surfista mediano...

Ele nadou por baixo d'água até Lyssandra e a agarrou passando o braço pelo pescoço, como os salva-vidas faziam. Subiu com ela e não a soltou por nada. Usava o outro braço pra nadar, mas o braço ruim ainda envolvia o pescoço e o colo da irmã que ele não conhecia e mantinha a cabeça dela fora da água.

Jason: Peguei você! Vamos... vamos sair todos daqui! Não desista... pela sua irmã!

Sua irmã podia ter morrido, Lys... mas você não iria. Não se ele pudesse impedir.

Os outros já deviam estar bem longe... talvez estivessem por conta própria agora.

Tentaria se arrastar pela água com ela, evitando as pedras ao nadar contra a correnteza com toda a sua força, e se apoiando nelas com os pés. Por sorte estava sem a jaqueta e apenas as calças jeans pesavam... mas ele tinha força e preparo. Tinha esperanças de conseguir. Tentaria chegar com Lys até a borda ou então se agarrar em algum galho na beira.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Maxwell Ross em Sex 24 Jul 2015, 10:55

Sean olhava para Ethan os inquerindo daquele modo, mas não o respondia.

Era como se ele nem o ouvisse.

Primeiro, não o conhecia.

Sequer sabia do que ele estava falando.

Queria sinceridade? Pois bem, ele não podia ser sincero, pois sequer sabia o que estava acontecendo.

Mas, se tinha alguém que sabia, esse alguém era Lissandra. E talvez sua irmã.

Por isso as deixava com ele, pois elas saberiam o que dizer.

Ouviu o nome de Valentina, e só sabia que ela era a líder das ZBZ e que havia enviado um vestido para o Bureau.

Só.

Sou novato aqui, pessoal.

Não conseguia ver direito o que havia lá embaixo, a fumaça não deixava enxergar direito.

Moveu a cabeça de modo afirmativo para Jason – Pode me chamar de Sean… - Exibiu um pequeno sorriso – Mais do que isso, só elas podem te dizer… - Afirmou ao olhar para Lissandra.

Era mais uma resposta para Ethan do que para Jason, mas… Como Ethan era incisivo, não fazia questão de ser cortes com ele.

Por isso, ajoelhou-se ao lado de Dianna, olhando para os ferimentos do rapaz.

Em seguida, ergueu o olhar para ver os pedaços do veículo pelo lugar. Tentava fazer uma estimativa de como tinha ocorrido aquele acidente… O remontando em sua mente.

Era um exercício relativamente fácil. E não era nem um pouco desesperador como…

Outras cenas.

Ouve ela dizer… A respeito do sonho dentro de outro sonho.

E então o grito.

Sean se assusta, quase caindo sentado ao lado dela.

Correr? Sequer havia tempo para se levantar!

O chão tremia e então… Ele se tornava um passageiro do seu destino.

O corpo era arremessado.


O impacto na água gelada mais que dolorido.

Por alguns segundos, seus pensamentos se perdem…

Se lembrava dos testes que teve que fazer para entrar no Bureau.

Um deles, o nado… Não era exatamente exigente.

Você precisava atravessar a nado uma piscina olímpica. O tempo exigido era ridículo.

E Sean nunca soube nadar.

Se lembra que estava ao lado do pai, próximo da piscina da casa da família… Quando disse que precisaria fazer natação.

O pai nem pensou duas vezes, simplesmente empurrou Sean na parte mais profunda da piscina.

Aos risos, disse que aquele teste prestava para uma única coisa: para que os idiotas que entrem não morram afogados caso caiam na água.

E Sean se afogava.

E ele assistia, com um riso torto nos lábios.

Foi nesse desespero que “aprendeu” a se debater do modo certo para não afundar.

E depois, graças a aulas de natação, a nadar.

Mas era péssimo naquilo.

Odiava a água.

Porque ela sempre o remetia ao desespero do afogamento.

Por isso o corpo afundava por alguns segundos… Até que Sean submergia.

Já não enxergava o mundo sem nitidez, havia perdido os óculos.

Mas tinha caído próximo de Dianna e Zachary.

E via bem o quanto ela, e talvez ele, tinham se machucado.

Tentou, inutilmente, nadar na direção deles.

Mas a correnteza era forte demais… E Sean fraco demais.

Logo ouviu Jason, e ao voltar-se, procurando por Lissandra, não a viu.

Chegou a mergulhar para procurá-la, mas no segundo em que voltou a superfície, a viu com Jason.

Sentiu certo alívio ao vê-la bem e segura, afinal… Jason era imensamente mais forte do que ele, e poderia ajudá-la.
Mas ainda faltava mais alguém… Um outro rapaz.

O médico, confirmando a primeira impressão de Sean, não pensava em ninguém e se afastava rapidamente, nadando.

Sean tentava permanecer próximo de Jason e Lissandra – F-Falta um! - Gritava para Jason, afinal, não sabia o nome dele.

Dito isso, Sean tentava mergulhar novamente, nadar… Procurar pelo rapaz que faltava, mesmo que sem enxergar direito, e sendo tão fraco, ante aquela correnteza forte.

_________________
I told you I was trouble      
You know that I'm no good
        
avatar
Maxwell Ross

Nacionalidade : New York, USA
Idade : 25
Cargo : Calouro
Humor : Qual você prefere?
Mensagens : 175

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: De volta ao Inferno - Zachy e Diana

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum